Rondônia, sexta-feira, 18 de agosto de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Nacional

Publicado em Quarta, 16 de Março de 2016 - 23h50

Genus é punido pelo STJD mas continua na Copa Verde

Da Redacao


O Sport Club Genus foi julgado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva na tarde de hoje, em seção realizada na sede do órgão no Rio de Janeiro. A equipe de Porto Velho foi acusada de colocar em campo o jogador Tiago Guarate de Freitas em situação irregular.

De acordo com a denúncia do procurador Victor Amado, no jogo contra o Rio Branco-AC, no último dia 09/03, pela Copa Verde, o clube relacionou o atleta para entrar em campo, quando este ainda tinha uma partida de suspensão para cumprir. Essa ação é vedada pelo artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Guarate foi expulso de campo em um jogo pelo próprio Genus, no Brasileirão da Série D de 2014. Na época, cumpriu apenas uma partida. Como não jogou competições nacionais em 2015, a punição foi postergada e após atuar contra a equipe acreana este ano, o próprio sistema da CBF levantou a irregularidade.

A promotoria pediu a punição mais severa ao Genus, ou seja, a desclassificação competição. Já a defesa do clube argumentou que o clube não sabia da situação do atleta e que a própria CBF deveria ter um sistema que identificasse situações semelhantes.

Num segundo momento, sugeriu que o que estava em jogo eram apenas os pontos ganhos naquela partida e que se fosse para haver punição, que a vitória do Genus é que fosse subtraída e não a oportunidade de jogar aquela competição.

O argumento acabou convencendo o relator do processo, auditor Ricardo Graiche, que puniu o clube de Porto Velho com a perda de 06 pontos, ou seja, toda pontuação possível na disputa contra o Rio Branco nesta primeira rodada. Uma multa de R$ 500 também foi aplicada à equipe.

Na avaliação do presidente Evaldo Silva, o resultado representou uma grande vitória para sua equipe. Em entrevista ao Rondoniagora, argumentou que a defesa fez uma peça especial e que o time continua na briga.

"Temos que vencer a próxima partida de qualquer maneira. Com esse resultado, é como se o Rio Branco tivesse vencido aqui em Porto Velho. Se vencermos lá no Acre, empatamos com eles no número de pontos e passamos para a próxima fase pelo primeiro critério de desempate, ou seja, o saldo de gols", explicou o cartola.

A decisão ainda cabe recurso da procuradoria. A CBF ainda não marcou a nova data para a partida entre Genus e Rio Branco-AC.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Todos os direitos reservados. As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions