Rondônia, sábado, 19 de agosto de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Nacional

Publicado em Segunda, 02 de Março de 2009 - 12h36

IR 2009: especialista dá dicas para evitar roubo de informações

Idéias & Efeito Assessoria de Comunicação


A temporada de declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2009, ano-base 2008, começa nesta segunda-feira, dia 02 de março. Neste ano, assim como no ano passado, praticamente todo o envio acontecerá por meio eletrônico. Espera-se que menos de 1,5% dos mais de 25 milhões de documentos sejam entregues via formulário de papel.De acordo com Patrícia Peck Pinheiro, advogada referência em Direito Digital no Brasil, é preciso adotar algumas medidas de segurança para evitar que vírus e spywares comprometam a privacidade das informações. "Quando se fala em segurança da informação, dois lados são responsáveis: o provedor, que no caso é a Receita Federal, e o contribuinte", explica a advogada autora do livro Direito Digital, 2ª edição, pela Editora Saraiva.

Portanto, da mesma forma que o órgão deve oferecer um ambiente criptografado, que não permita o vazamento de dados, o contribuinte deve procurar, sempre, um equipamento que esteja com o mínimo de proteção. Em casa, o preenchimento dos dados deve ocorrer preferencialmente no computador pessoal e é necessário garantir a atualização do antivírus e também do antispyware.

"É importante não deixar o procedimento para a última hora. O processo leva, no mínimo, 30 minutos para ser concluído", lembra Peck. No trabalho ou em lan- houses, Patrícia também aconselha que sejam evitados equipamentos de terceiros para o momento da declaração. Por conta do sistema de rede, é impossível saber se os procedimentos feitos em determinada unidade não podem ser acessados por outros usuários. "Em primeiro lugar, a pessoa deve solicitar que os profissionais de suporte atualizem o antivírus e o antispyware. Em geral, eles estão atualizados, mas não custa nada pedir" recomenda a especialista. Em relação à resíduos de informações na máquina, basta limpar a pasta cookies e pedir para que o histórico das navegações na internet sejam apagadas. O recibo ou os documentos jamais devem ser salvos no computador: o melhor a fazer é utilizar um pen drive ou um CD.

Cuidado com e-mails:

Por fim, Patrícia lembra que, durante a época, é comum que sejam enviados e-mails falsos avisando que o contribuinte precisa atualizar seus dados, para viabilizar a declaração. "A Receita Federal não se comunica dessa forma, portanto, quem receber essa mensagem deve apagá-la imediatamente e não clicar no link sugerido", conclui.

*Perfil: Patrícia Peck Pinheiro, 33 anos, é autora do livro Direito Digital, 2ª edição, pela Editora Saraiva, e tem participação nos livros e-Dicas e Internet Legal. Acaba de lançar, em parceria com a também advogada Cristina Sleiman, o áudio-livro "Tudo o que você precisa saber sobre Direito Digital", editado pela Editora Saraiva. É colunista do site IDG Now e publica periodicamente artigos e contribui nos principais veículos de comunicação do País, como Gazeta Mercantil, Valor Econômico, Info Exame, Meio & Mensagem, Propaganda & Marketing, Info Corporate, entre outros.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Todos os direitos reservados. As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions