Rondônia, quarta-feira, 23 de agosto de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Nacional

Publicado em Sexta, 06 de Março de 2009 - 12h56

Pesquisa diz que mulheres recebem até 34% menos do que os homens

Tainá Ianone


Mesmo após os avanços das conquistas femininas no mercado de trabalho, as mulheres ainda sofrem com preconceitos e diferenças. Predominantemente masculino, o setor de energia elétrica tem, nos últimos anos, aberto espaço para as mulheres nas áreas administrativa, técnica e operacional das empresas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.Entretanto, a disponibilidade de vagas não é o suficiente para acabar com a discriminação. Pesquisa realizada em 20 países pela Confederação Internacional dos Sindicatos indica que no Brasil é onde existe a maior variação entre salários de homens e mulheres, com 34% de diferença.

No setor eletricitário, em grande parte das companhias, o salário inicial é igual para ambos os sexos. A desigualdade aparece quando há aumentos de salários e promoções. “A sociedade como um todo tem que agir contra essa discriminação. Se dois profissionais exercem funções e jornada de trabalho iguais, devem receber o mesmo salário; isso é lei”, pondera o presidente do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo, Carlos Reis.

Além da diferença nos salários, as mulheres são alvos constantes de outros dois crimes: assédio moral e sexual. “Há casos em que as trabalhadoras são ameaçadas se exigirem seus direitos. É preciso que haja uma campanha mais intensa para que todas tenham consciência do problema e não aceitem mais esse tipo de agressão mental”, alerta o sindicalista.

“Nós defendemos que as profissionais tenham, na prática, os mesmos direitos, benefícios e tratamento que os homens. Nesse dia tão significativo, é importante destacar o valor do trabalho feminino para o desenvolvimento da sociedade e conseguir, de verdade, igualar os direitos”, declara Carlos Reis.

Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, é festejado em diversos países. Decretado em 1975 pela Organização das Nações Unidas (ONU), representa não apenas o reconhecimento da luta histórica pelos direitos das mulheres, como também simboliza a batalha diária que enfrentam.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions