Rondônia, sábado, 19 de agosto de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Nacional

Publicado em Quinta, 29 de Novembro de 2012 - 08h12

Traficantes de Rondônia são presos com 34 quilos de coca grudados ao corpo em Minas

Estado de Minas


Traficantes de Rondônia são presos com 34 quilos de coca grudados ao corpo em Minas
Uma quadrilha que transportava drogas de Rondônia para Belo Horizonte, foi presa pela Polícia Civil no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Grande BH, com 34 quilos de pasta base de cocaína. O entorpecente era transportado junto ao corpo dos traficantes. O grupo, que foi apresentado na tarde desta quarta-feira no Departamento de Investigações Antidrogas, já era investigado há mais de três meses.Em agosto, três membros da quadrilha - Elizeu de Souza de Almeida, Maicon Pereira Valério, de 18 anos, e Willian Pereira de Souza, 22 - deixaram a capital mineira e seguiram para Rondônia. Lá eles se encontravam como Adelson Lopes Martins, 27, que é natural da cidade e era o responsável pela compra da pasta base de cocaína.

Na última sexta-feira, o grupo voltou para a capital mineira em um voo que saiu de Rondônia. Ao descerem da aeronave, eles acabaram presos por policiais civis. Eles não chegaram nem mesmo a desembarcar no aeroporto.

Maicon, Willian e Adelson estavam com as drogas presas nos braços, pernas e barriga. Segundo a delegada Verlaine Andrioni, o trio trabalhava como mulas e recebia R$ 2 mil para transportar os entorpecentes. O chefe do bando, Elizeu, não levava a cocaína devido a uma placa de platina que teve de ser implantada em sua perna. Por causa disso, ao passar pelo detector de metal, sempre era barrado. Com Elizeu foram apreendidos R$ 1,8 mil em dinheiro e seis pedras que podem ser preciosas.

Para tentar disfarçar a polícia e os cães farejadores, os bandidos embalavam bem as drogas. Depois, passavam graxa automotiva no material para disfarçar o cheiro.

Para a Polícia Civil, a quadrilha abastecia outros traficantes da Grande BH. “O grupo é considerado como um movimento importante pela quantidade de drogas. A pasta base pode ser divida em até 10 vezes e esse material se tornar até 300 quilos de cocaína”, afirmou o delegado Márcio Lobato.

Os traficantes irão responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Eles ficarão presos na Penitenciária Dutra Ladeira, São Joaquim de Bicas e no Ceresp Gameleira.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Todos os direitos reservados. As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions