Rondônia, sábado, 19 de agosto de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Nacional

Publicado em Terça, 01 de Junho de 2010 - 17h31

Vacinação contra gripe H1N1 acaba nesta quarta-feira em todo o País

Assessoria


A campanha de vacinação contra a gripe H1N1 chega à reta final e o Ministério da Saúde convoca a população a se imunizar. Amanhã, 2 de junho, termina o prazo para os dois últimos grupos se vacinarem: crianças de 2 a menores de 5 anos e adultos de 30 a 39 anos. Gestantes que ainda não se vacinaram também devem procurar um dos 36 mil postos do país. O Ministério recomenda, ainda, que os estados e municípios que não atingiram a meta em grupos já imunizados reforcem as ações para garantir a cobertura mínima de 80% para todos os grupos.“As pessoas têm apenas hoje e amanhã para se vacinar contra a gripe H1N1. Faço um apelo aos pais e responsáveis que levem as crianças aos postos. O recado também é importante para os adultos de 30 a 39 anos, que estão nesta última etapa”, afirma o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. Ele lembra que, com a chegada do inverno, o país entra no período de maior transmissão de doenças respiratórias. “Éessencial, portanto, que os grupos mais vulneráveis ao vírus estejam protegidos”.

Embora a meta de vacinar pelo menos 80% do público-alvo tenha sido atingida em quase todos os grupos, ainda está baixa na faixa etária de 2 a menores de 5 anos, com apenas 5,4% de doses aplicadas – 515 mil pessoas vacinadas de um público estimado em 9,6 milhões. Entre os adultos de 30 a 39 anos, a cobertura está em 55,2% – 16 milhões de imunizados, em um público estimado de 29 milhões. Nesses dois grupos, nenhum estado atingiu a meta mínima de 80%, até o momento.

Nesta terça-feira (1º), o país deve atingir a meta de imunizar 80% dos adultos 20 a 29 anos, com mais de 28 milhões de pessoas já vacinadas. A meta já foi alcançada para profissionais de saúde (100%), crianças de seis meses a menores de 2 anos (100%), portadores de doenças crônicas (100%) e indígenas (83%). Nas gestantes, a cobertura é de 70%, com mais de 2,1 milhões de mulheres vacinadas.

Esta já é a maior campanha de imunização realizada no país. Já foram registradas 70,5 milhões de doses aplicadas, superando a campanha de vacinação contra rubéola, que imunizou 67 milhões de pessoas em 2008. “No mundo, o Brasil é o país que, proporcionalmente, mais vacinou a sua população. Isso demonstra o grande trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde vacinadores e a confiança da população no programa de imunizações”, afirma o ministro José Gomes Temporão.

INTERNAÇÕES – Em 2010, foram registradas 540 internações e 64 mortes em decorrência da gripe H1N1, até 8 de maio. Desse total, 18% dos casos graves e 30% dos óbitos foram em gestantes. Por isso, o Ministério da Saúde reforça a importância de todas as grávidas, em qualquer período da gestação, procurarem um posto para tomar a dose da vacina.

No ano passado, foram registrados 2.051 óbitos em todo o país. Desse total, 1.539 (75%) ocorreram em pessoas com doenças crônicas e 189 entre gestantes. Adultos de 20 a 29 anos concentraram 20% dos óbitos (416, no total) e os de 30 a 39 concentraram 22% das mortes (454, no total).


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Todos os direitos reservados. As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions