Rondônia Agora
  • Geral
  • Política
  • Polícia
  • Cidades
  • Nacional
  • Artigos
  • Todas as Matérias
  • Concursos
  • Redação
  • Publicidade
Ler Últimas Notícias

Procurar por

Geral

Sexta-feira, 27 de abril de 2012 - 08:24

Emater

Feira Rondônia Rural Show terá tecnologia e crédito a juros subsidiados

Desde o início desta semana técnicos da Seagri, Emater e representantes das instituições financeiras oficiais estão percorrendo os municípios de Rondônia para apresentar aos diversos segmentos do setor primário a 1.º Feira de oportunidades e negócios agropecuários, a Rondônia Rural Show. Instituições públicas governamentais e não governamentais nas esferas federal, estadual e municipais e iniciativa privada estão sendo convidadas a participar do primeiro evento tecnológico da região norte voltado para a atividade rural.

Em Ji-Paraná o coordenador de gestão de projetos estratégicos da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuárias e Regularização Fundiária (Seagri), Leonel Amaral da Silva acompanhou as responsáveis pela mobilização do evento na região, Valquíria Mendes Codeço (da Emater) e Maria de Lourdes Dantas (da Seagri) na reunião realizada no auditório do Shopping Cidadão, nesta quinta-feira (26). Na oportunidade Leonel explicou o funcionamento do evento e a importância de sua realização para o fortalecimento do setor produtivo no Estado.

Leonel enfatizou a Lei Complementar n.º 655, de março deste ano, que criou o Fundo Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento da Agricultura Familiar (Fedaf). Segundo ele, essa Lei oferece instrumentos de incentivo financeiro e apoio ao desenvolvimento dos agricultores familiares e vai facilitar o crédito na implementação de ações no âmbito da agricultura, da ação fundiária, pecuária, pesca e aquicultura, agroindústria e outras atividades rurais não agrícolas, que compreendem os princípios da agroecologia e da socioeconomia solidária.

Dentre as ações contempladas pelo Fundef está um subsídio aos juros a serem pagos nas linhas de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Amparado pela Lei o governo estadual custeará os juros pagos pelo agricultor familiar que estiver em dia com seu financiamento de até 50 mil reais, independente do valor contrato, nos anos de 2012 a 2015, contratado nas instituições oficiais de crédito e cooperativas de crédito rural estabelecidas no Estado de Rondônia. “Através da Seagri já foram disponibilizados cinco milhões de reais para o Fundo”, diz o coordenador Leonel Amaral, que está à frente da organização da 1.ª Rondônia Rural Show.

Projetos e financiamentos
A participação dos representantes do Banco do Brasil (BB) e Banco da Amazônia (Basa) na reunião e no evento também foi destacada. Os projetos para contratação das linhas de crédito oferecidas pelos Bancos oficiais serão elaborados pela Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e pelas instituições privadas de assessoria rural.

Samuel Carlos de Souza, representante do Basa em Ji-Paraná, confirmou a prioridade dos negócios aos participantes do Rondônia Rural Show e disse que a instituição estará disponibilizando 20 milhões de reais para esse fim. “Esse montante poderá ser ampliado, caso haja demanda”.

O gerente geral do Banco do Brasil em Ji-Paraná, Carlos Alberto Ito, falou da parceria que vem sendo fortalecida com a Emater no intuito de antecipar os cadastros e permitir a aceleração no andamento dos projetos elaborados. “Queremos operacionalizar, liberar os recursos dentro da Feira”.

A 1.ª Rondônia Rural Show contará com 210 boxes de nove metros quadrados cada e 46 tendas (10x10m) para abrigar as máquinas, equipamentos e implementos agrícolas das empresas participantes. O produtor rural terá oportunidade para conhecer cada uma dessas tecnologias e adquirir o equipamento desejado durante o evento. Para o presidente do Fundo para Erradicação da Febre Aftosa (Fefa), José Vidal Hilgert, essa é uma nova chance para o Estado explorar e complementar a sua vocação. “Será uma nova injeção de ânimo para a permanência do homem no campo”, salienta.

Assim como Valquíria e Maria de Lourdes, responsáveis pela mobilização do evento na região de Ji-Paraná, outros técnicos da Emater, da Seagri e das instituições financeiras oficiais estão percorrendo as demais regiões, levando a mesma informação e convidando todos para participarem dessa que será a maior feira de tecnologias e negócios agropecuários da região norte.


Fonte: Emater

Autor: Wania Ressutti

Versão para impressão Indique este arquivo Comente a notícia

Comente pelo Facebook




Clickweb Agência Digital