Rondônia Agora
  • Geral
  • Política
  • Polícia
  • Cidades
  • Nacional
  • Artigos
  • Todas as Matérias
  • Concursos
  • Redação
  • Publicidade

Geral

Quinta-feira, 20 de setembro de 2012 - 12:52

Saúde

Hospital de Base realiza cirurgias ortopédicas em parceria com o INTO

O Hospital de Base Ary Pinheiro em parceria com o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO) do Rio de Janeiro iniciou na terça-feira (18) mais um mutirão de cirurgias de artroplastia de quadril (prótese inserida na articulação), com uma equipe de 16 profissionais, sendo dois cirurgiões ortopédicos, quatro anestesistas, quatro médicos residentes, um enfermeiro, quatro técnicos de enfermagem e um assessor administrativo, que fazem parte do Projeto Suporte, do Ministério da Saúde, segundo o médico anestesista, José Luiz Ramalho, coordenador da equipe.

De acordo com o diretor geral do Hospital de Base, médico Jean Negreiros, o mutirão será encerrado nesta sexta-feira (21). Ele destaca que todos os pacientes estavam na lista de espera do tratamento fora de domicilio (TFD), e foram selecionados devido à complexidade dos casos, assim a cirurgia garante o restabelecimento do movimento do membro afetado do paciente que se encontrava acamado, diz Negreiros.

O secretário de Saúde, Gilvan Ramos, falou da importância do projeto, que é uma ação conjunta do Ministério da Saúde e o Estado na realização das cirurgias de artroplastia, que é de alta complexidade e poupa que os pacientes se desloquem para outro Estado, evitando o desconforto, e ainda contribui para economia do erário diretamente. Ele afirma ainda, que o Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro oferece todas as condições para um tratamento pós-cirúrgico adequado, com conforto e habilidade dos servidores da unidade, finaliza Ramos.

Na manhã desta sexta-feira, a partir das 7h30, o secretário Gilvan Ramos conversará via videoconferência com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, sobre o mutirão de cirurgia no Hospital de Base. Na oportunidade o ministro credenciará os procedimentos de alta complexidade em neurologia.

Fonte: Decom

Autor: Decom

Versão para impressão Indique este arquivo

Comente pelo Facebook




Clickweb Agência Digital