Rondônia Agora
  • Geral
  • Política
  • Polícia
  • Cidades
  • Nacional
  • Artigos
  • Todas as Matérias
  • Concursos
  • Redação
  • Publicidade
Ler Últimas Notícias

Procurar por

Artigos

Quarta-feira, 22 de agosto de 2012 - 18:53

COLUNA SEM RECESSO

ROBERTO SOBRINHO É PROIBIDO DE USAR SEU NOME E O DA ESPOSA EM PROPAGANDA

Por: RONDONIAGORA

O conselheiro Wilber Carlos dos Santos Coimbra, do Tribunal de Contas de Rondônia, determinou nesta quarta-feira que o prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho (PT) e seus asseclas da coordenadoria de comunicação e da empresa de publicidade (que ganha sem licitação), façam cessar imediatamente o uso pessoal em notícias e outras veiculações pagas com o dinheiro do povo.

MPC

O conselheiro atendeu em parte o pedido do Ministério Público de Contas, que denunciou os abusos: “referido agente político [Prefeito do Município de Porto Velho, Roberto Eduardo Sobrinho], em muito se descurou do caráter informativo, orientativo ou educacional a mover a publicidade institucional do ente público do qual é o chefe maior...” O fato é que Roberto Sobrinho e sua primeira-dama, Lucilene Peixoto estavam sendo irregularmente promovidos a custa do portovelhense.

PT também

Ainda segundo o Ministério Público, a promoção estaria beneficiando pessoalmente o prefeito, além do PT, e, descumprindo há tempos o princípio da impessoalidade na publicidade governamental, previsto no art. 37, § 1º, da Constituição Federal”.

Fartas provas

Wilber Coimbra concordou em parte: “são muitas as notícias, veiculadas pelo próprio site da Prefeitura do Município de Porto Velho, em que constam, a partir das suas manchetes, os nomes do seu Prefeito, Sr. Roberto Eduardo Sobrinho, e de sua primeira-dama, Sra. Lucilene Peixoto, descumprindo, com isso, o art. 37, § 1º, da Constituição Federal, ou seja, o princípio da impessoalidade na publicidade governamental”. Ele decidiu pela suspensão nas propagandas, de inauguração de obras “dentre outras, o nome da pessoa física do Prefeito Municipal ou de qualquer pessoa física”, devendo, nesses casos, “constar que se trata de feito da Prefeitura Municipal de Porto Velho”.

Abusos repetidos

Como se viu, em menos de duas semanas já foram duas as decisões do Judiciário para que Roberto Sobrinho pare de beneficiar o PT. A primeira partiu do TRE, que mandou retirar matérias do site da Prefeitura e que a assessoria de comunicação parasse de realizar promoções.
 
Grito de guerra

Entenda assim a mudança constitucional feita pela Assembleia Legislativa de Rondônia e que “acabou” com a necessidade do governador do Estado definir o Procurador-Geral de Justiça: um claro recado de que a partir de agora a oposição será firme. Guerra declarada com início já nos próximos dias. O caso do ex-secretario da Saúde, José Batista vai reaparecer. O recado já havia sido dado na terça-feira, quando parentes do governador Confúcio Moura (PMDB) foram duramente atacados na Casa de Leis. A verdade é que há motivos para isso. Os deputados estaduais toparam a briga. A instabilidade será grande.

Bessa

Vem de Brasília a informação que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo poderia nomear o secretário da Defesa, Marcelo Bessa como novo superintendente da Polícia Federal em Rondônia. Bessa também foi lembrado recentemente como um dos prováveis nomes a serem escolhidos pelo governador para o Tribunal de Contas.

Horário eleitoral

Dos programas eleitorais na televisão que começaram nesta quarta-feira, dois chamaram a atenção negativamente: A turma de Mário Português (PPS) decidiu ousar demais no apelo por mudanças, sugerindo por exemplo, em um tom que mais parecia texto de Pedro Bial (Filtro Solar) que até mesmo seria a hora de trocar de lugar na hora do almoço. Bobeira desnecessária, que acabaram até mesmo de apresentar o empresário, desconhecido para o povão. Já Mauro Nazif (PSB) apareceu com um amarelão ao fundo e uma apresentadora sem qualquer noção de televisão e que muitas vezes ficou com a cara de boba olhando o candidato. De quebra, falou mais uma vez no sonho de querer ser prefeito.
 

Fonte: Elianio Nascimento

Autor: Elianio Nascimento

Versão para impressão Indique este arquivo

Comente pelo Facebook




Clickweb Agência Digital