Rondônia Agora
Ler Últimas Notícias

Procurar por

Política

Segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 - 17:56

Sonho esperado

Transposição dos servidores de Rondônia começa em janeiro, anuncia governador

Segunda quinzena de janeiro. Este é o prazo para começar efetivamente o tão esperado processo transposição dos cerca de vinte mil servidores estaduais para os quadros da União. Foi o que disse o secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva, na manhã desta segunda-feira (12), durante reunião da Comissão Interministerial com o governador Confúcio Moura.

No início da manhã a comissão visitou o espaço que será utilizado para agilizar o processo, numa sala ampla, no prédio da Secretaria de Segurança (Sesdec). De acordo com Duvanier, a visita teve o objetivo de verificar in loco e ter a precisão da infra-estrutura que o Governo de Rondônia colocou a disposição do Governo Federal, além da força tarefa que vai ficar por conta da superintendência da Secretaria de Administração Federal em Rondônia (SAMF) “Chegamos aqui com a eminência de começar os trabalhos. Conhecemos a estrutura e toda mobilização que está sendo realizada para que os trabalhos comecem efetivamente”, disse Paiva.

De acordo com o governador Confúcio Moura, a transposição é uma das prioridades do Estado. “Estou pronto para contribuir. Estamos colocando a disposição da SAMF o que for preciso da parte do Estado, seja pessoal, veículo, documentos, tudo para dar celeridade ao processo. O que não podemos é esperar mais, agora é mãos a obra. Esta é uma comissão importante, vamos reparar os prejuízos desses servidores”, disse o governador.

A previsão de conclusão do processo de transposição é de 18 meses, “Estamos trabalhando em cooperação, com as estruturas dos governos federal e estadual, numa parceria afinada, onde falamos a mesma língua para cumprir o prazo determinado e até quem sabe, concluir antes do previsto” disse o secretário de Estado da Administração (Sead), Rui Vieira.

O presidente da Comissão Interministerial, Geraldo Nicolli falou da importância desse novo desafio e da receptividade de Rondônia. “É um prazer vir à Rondônia, onde fomos bem recebidos por um povo muito acolhedor. A comissão está com espírito de parceria e acredito que em breve os resultados deste trabalho irão aparecer. Este é um trabalho que faço há mais de 30 anos, e esse precisa ter o melhor resultado. Para mim, esse desafio será o coroamento do meu trabalho”, disse Nicolli.

Duvanier parabenizou a vontade do Congresso que aprovou a emenda
60, que trata de alterações do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT) para dispor o quadro de servidores civis e militares do ex-Território Federal de Rondônia, cabendo agora dar cumprimento ao que foi votado. Com a transposição, a Sead estima uma economia de aproximadamente R$ 30 milhões por mês.

Fonte: Decom

Autor: Decom

Versão para impressão Indique este arquivo Comente a notícia

Comente pelo Facebook


Articulistas

Clickweb Agência Digital