Rondônia, terça-feira, 17 de outubro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Segunda, 23 de Março de 2009 - 13h26

Bancada e Governo esclarecem dúvidas e prometem esforço conjunto pela reforma do aeroporto de Ji-Paraná

RONDONIAGORA.COM


Bancada e Governo esclarecem dúvidas e prometem esforço conjunto pela reforma do aeroporto de Ji-Paraná
Representantes da bancada federal e o governador Ivo Cassol se reuniram na manhã desta segunda-feira em Porto Velho para tratar da reforma do aeroporto de Ji-Paraná. No final de semana, a empresa Ocean Air alegou problemas com a pista e resolveu paralisar as operações na cidade. A preocupação dos representantes políticos e entidades de classe é a ampliação do aeródromo para evitar a perda total dos vôos de grande porte. Hoje, apenas a Trip faz vôos diários. A TAM e Ocean Air não fazem mais escalas no município, justificando a ausência de segurança nos pousos e decolagens.Convocada pelo deputado federal Eduardo Valverde (PT-RO), coordenador da bancada, a reunião serviu para esclarecer dúvidas sobre o projeto de reforma, que recebeu no ano passado uma emenda coletiva no valor de R$ 25 milhões, mas o recurso acabou sendo contingenciado pelo Palácio do Planalto.

O encontro começou tenso porque os deputados federais Eduardo Valverde (PT-RO), Anselmo de Jesus (PT-RO) e Mauro Nazif (PSB-RO) atribuiram ao Governo à culpa pela perda dos R$ 25 milhões em razão de inadimplência do Estado com organismos federais. Na verdade, o próprio Cassol apresentou um documento comprovando que no dia 11 de dezembro Rondônia estava apta a assinar qualquer tipo de convênio.
Mas no dia 28 de dezembro, o ministro da Integração Regional, José Múcio, deu o veredicto: a emenda do aeroporto de Ji-Paraná não será liberada.

O próprio deputado federal Ernandes Amorim (PTB-RO) reclamou da falta de respeito do Governo Federal com o Estado de Rondônia e seus representantes. “Não acontece nada. Nunca liberam emendas”, disse ele, acrescentando que não tem nenhuma contra partida por ser da base aliada do presidente Lula no Congresso.

O senador Expedito Junior (PR-RO) também observou que a bancada não conseguiu liberar um único centavo das emendas coletivas. Nada foi liberado desde o ano passado e em 2009 já foi avisado que as verbas foram cortadas.

Depois de “lavar a roupa suja”, bancada e o Governo decidiram aguardar quanto a ANAC vai liberar de recursos próprios para reforma do aeroporto para então decidir se fecha a pista ou refaz o projeto e constrói uma via paralela para a cidade não perder os únicos vôos da Trip. O representante da ANAC não sabe quanto será destinado a Ji-Paraná através do Programa de Auxílio a Aeroportos, mas já avisou que a verba total é de R$ 100 milhões para atender todos os aeroportos do Brasil. Por sua vez, o governador Ivo Cassol (sem partido) prometeu a contra partida dos recursos para início das obras.

Participaram do encontro o deputado estadual Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paraná), deputada estadual Daniela Amorim (PTB-Ariquemes), Neodi Oliveira (PSDC-Machadinho), presidente da Assembléia Legislativa, o diretor do Devop, Jaques Albagli, o deputado federal Lindomar Garçom (PV-RO), o chefe da Casa Civil, Odacir Soares, e representantes da Associação Comercial de Ji-Paraná e da Jicred.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions