Rondônia, quarta-feira, 18 de outubro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 17 de Julho de 2017 - 17h38

Ex-presidente da Assembleia tem medo de avião, mas terá que explicar contratação de voos em 2012

da Redação


Ex-presidente da Assembleia tem medo de avião, mas terá que explicar contratação de voos em 2012

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o ex-presidente da Assembleia Legislativa e deputado estadual Hermínio Coelho (PDT) admitiu ter medo de avião, principalmente os bimotores, e que jamais conversou com os irmãos Ederson e Ederaldo Spinardi, proprietários da Assis Aero Táxi Ltda. Hermínio foi citado na Operação Overbooking deflagrada no dia 13 de julho pelo Ministério Público para aprofundar investigações sobre denúncias de desvios na ordem de R$ 3 milhões da Casa de Leis. Além de Hermínio, Neodi Carlos (PSDC) e Valter Araújo (sem partido) também apareceram como facilitadores do esquema corrupto.

Contrato encerrado?

Em determinado momento do vídeo, Hermínio diz com orgulho ter encerrado o contrato, não porque o Ministério Público pediu, mas por entender ser imoral e desnecessário à Assembleia Legislativa de Rondônia. Mas o parlamentar pedetista terá que explicar ao Ministério Público o porquê autorizou a contratação de voos no mês de julho de 2012 cuja fatura foi paga em 2014 através de reconhecimento de dívida no valor de R$ 46.419,00? O ex-presidente pode até não ter usado os serviços dos irmãos Jacaré, mas outros o fizeram com sua anuência.

Não sou bandido

Em suas explicações, o ex-presidente faz um desabafo:
- “Infelizmente, meu nome é jogado na lama. Não é a primeira vez que me acusam de bandido. A maioria dos promotores, juízes e desembargadores sabe que não sou bandido”. Mais adianta prossegue:
- “Quero ver o MP provar que devo um único centavo ao Jacaré ou qualquer outro bicho”. Hermínio só não deve porque a conta foi paga, mas em 2014. Essa “história” de encerrar o contrato é difícil colar.

Quem é quem

Segundo laudos da Força Aérea Brasileira (FAB), os aviões dos irmãos Jacaré não levantaram voo pra lugar algum, mas receberam R$ 3 milhões das gestões de Neodi Carlos, Valter Araújo e Hermínio Coelho, conforme a denúncia do Ministério Público. E os irmãos Ederson e Ederaldo Spinardi não passam de “laranjas” do ex-deputado Neodi Carlos e um parlamentar federal, verdadeiros proprietários dos aviões. Sobre esse parlamentar, a denúncia já chegou ao Supremo Tribunal Federal.

Receita extra

Os órgãos de fiscalização precisam estar atentos ao número excessivo de diárias liberadas pelos entes estaduais e municipais da administração pública. De uma tacada só, a Educação bancou R$ 7.200,00 para uma visita pelo interior do Estado. No Diário Oficial de Porto Velho há outros espantosos R$ 21 mil para servidores percorrerem distritos da Capital.

Vândalos

Não é só o espaço alternativo o alvo dos vândalos. O estádio construído em Jaci Paraná não foi inaugurado e já andam roubando fios de cobre. A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes) pediu à comunidade para colaborar na vigilância do local e terá que comprar 950 metros de fio de cobre para energizar o estádio. O local será palco da abertura e as disputas da primeira fase do 26ª Interdistrital.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions