Rondônia, quarta-feira, 29 de março de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 03 de Fevereiro de 2017 - 09h27

O mau humor da primeira dama e o muro de Trump interessam?

Por Sérgio Pires


O mau humor da primeira dama e o muro de Trump interessam?

O Brasil está quebrado. Mas parte importante da grande mídia debate e discute, como se prioridade fossem, as medidas do Presidente Donald Trump. A criminalidade nunca esteve tão em alta no país. Nossas fronteiras estão escancaradas ao narcotráfico e ao tráfico de armas. Mas o assunto é o muro que Trump quer construir na fronteira com o México. O Bolsa Família, um programa social que precisa ser mantido para as famílias pobres, está também enchendo os bolsos de vereadores, primeiras damas e gente que apoiou políticos na última eleição. Ninguém foi preso. Mas o grande assunto é se Trump trata bem ou mal a sua esposa, porque ela aparece de cara fechada nas fotos, enquanto Michele Obama (essa sim era feliz!), estava sempre sorrindo! Passamos do lamentável ao ridículo, com muitos dos nossos intelectuais e nomes poderosos da mídia nacional, discutindo profundamente os graves problemas...dos Estados Unidos. Principalmente, é quase unânime, com profunda raiva do novo Presidente americano, eleito democraticamente. É ele, hoje, para a intelectualidade nacional e muitos jornalistas importantes, o grande vilão, não importa que seja o mandatário do maior país do mundo, que continua crescendo, que vai crescer mais, que vai diminuir a níveis já baixos do desemprego. Enquanto isso, nós, por aqui, com nossos 13 milhões de desempregados, parece não termos tempo para buscar essa solução, porque temos é que discutir se Trump é um ditador, perigoso, um novo Hitler, um déspota...


Dá pra acreditar nessa gente, que perde seu tempo com profundas análises da situação americana, enquanto nós aqui, com a m... já acima do pescoço, ficamos ouvindo e lendo essas asneiras, como se não tivéssemos o que resolver? O espírito da República da Banana, misturada com ideologias esdrúxulas, dá o tom do debate. Já aqui, afundamos e não conseguimos sair da trágica situação em que nos meteram. Não seria lógico nossa intelectualidade, nossa mídia e nossos líderes políticos consertarem nosso país, ao invés de estarem discutindo abobrinhas sobre esse personagem estranho, que domina as cabeças dos pensadores brasileiros?

TARADO À SOLTA

O que dizer de um homem condenado a 16 anos de prisão, por atacar sexualmente duas crianças de seis anos e estar em liberdade? É essa a lei brasileira, que, contrariando os belos discursos em defesa dos indefesos, foi feita sob medida para incentivar crimes. Atacar crianças é considerado crime hediondo, mas do que adianta isso, se na prática muitos juízes interpretam que, sem condenação em instância superior, o tarado pode ficar à solta? Foi o que aconteceu em Rondônia, onde uma autoridade, funcionário do Estado, cometeu esse gravíssimo crime, foi condenado a uma pesada pena “inicialmente em regime fechado”, o que já dá vontade de vomitar e, pior, está liberado do cumprimento da sentença, até que tenham se esgotados todos os recursos. Ou seja, no mínimo mais uns dez anos. Nesse tempo, ele terá a oportunidade de atacar muitas outras criancinhas. Só não o fará se não quiser, porque se depender das leis de apoio aos bandidos, está livre para isso. Uma vergonha! Um acinte contra a sociedade.

O PERSPICAZ GARÇON

O deputado Lindomar Garçon virou notícia nacional e estadual, de novo! Espertíssimo, o rondoniense sabe realmente se colocar...ante as câmeras. Na eleição do presidente Rodrigo Maia, para mais um mandato de dois anos, a primeira entrevista foi para a Globo News. Enquanto Maia falava, tal qual centroavante goleador, que sabe se posicionar, para deixar seu nome no placar, quem estava lá, ao fundo? Claro, o perspicaz Garçon. Foi um dos assuntos mais comentados durante a tarde toda e à noite, nas redes sociais. Já o evento mais importante para o Estado, a eleição da deputada Mariana Carvalho, como segunda secretária da Mesa Diretora e única mulher no grupo dirigente da Câmara Federal, acabou ficando em segundo plano. Na política brasileira, o que é brincadeira, folclore, acaba tendo maior repercussão do que o fato mais sério. Nessa história, apenas como coadjuvante na mídia, Garçon teve mais espaço do que a dedicada Mariana Carvalho. É o Brasil!!!!

HOMENAGEM À BOLÍVIA

João Paulo Viana, professor, cientista política, uma das vozes muito respeitadas dentro do contexto da Universidade Federal de Rondônia, lançou na Embaixada da Bolívia em Brasília, seu livro sobre o nosso país vizinho, desde que Evo Morales assumiu o comando da Nação. A obra, intitulada ““A Bolívia no Século XXI, Estado Plurinacional, mudanças de elites e (pluri) Nacionalismo”, é uma coletânea de mais de uma dezena de autores, analisando as perspectivas do povo boliviano desde que o presidente Evo Morales assumiu o cargo. O livro aborda a estabilização do cenário político, as profundas mudanças do país através de transformações constitucionais; a erradicação do analfabetismo e o crescimento do PIB em mais de 50%. O lançamento do livro foi coordenado pelo embaixador da Bolívia no Brasil, José Kinn. Entre os rondonienses presentes, o prefeito de Porto Velho Hildon Chaves, a deputada federal Marinha Raupp e o ex-senador Expedito Júnior.

FIM DE FESTA

Nem Rolim de Moura (a única cidade do interior que realizava desfiles de rua): nem Cacoal, nem Ji-Paraná. Nem Ariquemes, nem Vilhena, nem Guajará. Enfim, todas as cidades interioranas abriram mão de gastar com o carnaval. A maioria por estar prestes a quebrar. Outras, porque acham que festa deve ser bancada ou pela iniciativa privada ou por quem dela participa. É um avanço, porque durante muitos anos, Prefeito que não bancasse carnaval, estava no inferno zodiacal perante a população. Nesse ano, só Porto Velho vai gastar com o carnaval, algo em torno de 400 mil reais. Está na hora das escolas fazerem como os blocos de rua: conseguir patrocínio, vender abadás ou fantasias e se auto gerirem. Festa popular, seja qual for, precisa ser bancada por quem dela usufrui. Dinheiro público, raro, tem que ser investido em ações que beneficiem a todos. Ponto final...

MULHER DE VALOR

É com tristeza que a coluna registra a morte cerebral de dona Marisa Letícia, ex-primeira dama do país e uma mulher de valor. Operária, foi a segunda companheira de Luís Inácio Lula da Silva e o acompanhou desde o início da carreira, como sindicalista. Depois de dois mandatos do marido, dona Marisa passou a sofrer enorme pressão, em função das inúmeras denúncias não só contra o marido, mas também contra ela e os filhos. Há uma semana, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), que a princípio não parecia grave, mas que acabou se tornando mortal. Apesar de ataques nas redes sociais, praticados por pessoas certamente doentes sociais e que não respeitam ninguém e nada, há que se valorizar essa mulher lutadora, que tinha defeitos como todos, mas que possuía muitas virtudes. Espera-se que o país respeite a dor do ex-presidente e de sua família, com a perda da matriarca...

HABEMUS PREFEITO!

Dois servidores da Prefeitura da Capital falsificaram documentos para receber diárias. Não viajaram, não realizaram nenhum trabalho, mas receberam um extra ilegal. A ação foi descoberta e a Procuradoria do Município decidiu pela punição de ambos, que terão que devolver todo o dinheiro e ainda foram suspensos. Ficarão com suas fichas funcionais com essa mancha. Pode até ser que a gestão de Hildon Chaves não dê certo, pode ser que o começo possa ser apenas enganoso. Mas que várias medidas que ele tem tomado, como essas de combater sacanagens no serviço público; de fiscalizar pessoalmente o atendimento em postos de saúde; de exigir cumprimento de horário de trabalho e qualidade no atendimento ao público, entre outras coisas, estão merecendo aplausos da comunidade, estão sim. Além disso, obras simples e limpeza na cidade também se somam a esse início promissor de governo. Será que agora vai? ¬¬

SEM SIGILO

“A credibilidade da luta contra a corrupção fica ameaçada pelo sigilo imposto pela presidente do Supremo Tribunal Federal às 77 delações que homologou de executivos da Odebrecht. O cidadão não aceita mais o convívio com a ocultação das ações judiciais relacionadas aos crimes praticados contra o erário, que repercutem em efeitos perversos na mesa de cada família. Pode até ser que alguns inocentes – espero sinceramente que sejam muitos, para benefício da dignidade pátria – sejam injustamente acusados. Mas é até justificável certa dosagem de sacrifícios em favor do resgate da moralidade nacional” Trecho do artigo assinado pelo presidente da OAB rondoniense, Andrey Cavalcante, criticando o sigilo das delações da Lava Jato. Reproduziu, com talento, o que pensa a grande maioria dos rondonienses e dos brasileiros.

PERGUNTINHA

Quando forem divulgadas as delações premiadas dos executivos da Odebrecht, com a Operação Lava Jato agora sob a relatoria do ministro Edson Fachin, quantos dos mais importantes políticos brasileiros sairão ilesos?


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Todos os direitos reservados. As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions