Rondônia Agora
Ler Últimas Notícias

Procurar por

Artigos

Sexta-feira, 6 de maio de 2011 - 22:46

Coluna Semanal Concursos

ESTOU PENSANDO EM DESISTIR...

Por: RIDISON LUCAS DE CARVALHO

 

Esta semana, ao responder os e-mails dos leitores da Coluna Semanal Concursos, me deparei com um desabafo que é comum entre os concurseiros: a falta de apoio/incentivo para estudar. Com a autorização da pessoa, segue um trecho da mensagem: “(...)Ridison, pelo amor de Deus, ajude-me, pois estou desesperada, quero estudar mas ninguém me apóia, chego em casa e ainda escuto piadinhas(...) toda hora ficam me dizendo que concurso é tudo carta marcada, que eu só estou perdendo tempo com isso(...). Um dia desses uma colega de trabalho falou que sou velha demais para disputar com pessoas que acabaram de sair da escola(...) Fiquei desesperada em ver a prova do TRT e sentir que eu tenho condições de passar, faltou dedicação(...). ESTOU PENSANDO EM DESISTIR, não tenho mais forças para lutar contra aqueles que não me dão apoio(...)” (grifei).

Pois bem.

Tenho certeza que muitos já passaram por uma situação assim, mesmo que não tenha sido com relação a concursos públicos. Sempre tem gente que nos coloca para baixo e dúvida da nossa capacidade. Além disso, dói muito em saber da ocorrência de preconceitos etários.    Para espancar qualquer dúvida daqueles que pensam ser a idade um dos fatores que podem levar à reprovação, cito o exemplo de uma ex-aluna que, no primeiro dia de aula comigo (curso preparatório para o último concurso do TJ), esperou o intervalo para confessar estar se sentindo mal no meio de tanta juventude, ela afirmou ter se encolhido no canto da sala por achar não ter condições de competição, uma vez que, além de trabalhar em tempo integral, necessitava executar os afazeres domésticos e “estava se sentindo velha para os estudos”.   

Diante daquela situação, fui sincero com ela, disse que, de fato, a vida corrida iria deixá-la em situação desfavorável com relação aos demais candidatos, MAS A IDADE EM HIPÓTESE ALGUMA PODERIA SER CONSIDERADA OBSTÁCULO! Pedi a ela que aproveitasse ao máximo o tempo disponível para estudar, que acordasse mais cedo, dormisse mais tarde, trocasse o tempo de papo no almoço pela leitura, utilizasse do recurso de áudio e ainda algumas técnicas secretas de memorização que, com o tempo, estarei dividindo com vocês.

Ela aceitou o desafio, mas de vez em quando me procurava para lamentar as dificuldades sofridas, inclusive preconceitos. Sempre quando eu via aquele rosto triste, procurava levantar o astral e arrancar um belo sorriso. E assim as coisas foram andando. Não foi fácil para mim também, pois eu não me julgava experiente o suficiente para lidar com aquilo, mas eu sempre procurei vê-la como se fosse minha mãe (face o respeito que eu nutria pela pessoa) e ela só deve estar sabendo disso agora, após a leitura deste texto.

Sem delongas, saiu o resultado do concurso e ela não ficou classificada entre as vagas, mas constou na lista entre os 100 primeiros colocados.
 

   
 
"É ilusão acreditar que em determinado momento da vida seremos 100% felizes, pois durante toda a existência passaremos por contrariedades"
   

Poucas horas depois, recebi uma ligação dela informando a sua classificação, mas triste por não ter ficado entre as vagas. Afirmei imediatamente que ela devia esperar, pois a nomeação era certa, haja vista a grande rotatividade de servidores no TJ/RO e não deu outra. Pouco mais de 1 ano depois o telefone voltou a tocar e foram muitos minutos de lágrimas. Nunca me esqueço: “(...)PROFESSOR, EU CONSEGUI, VOU SER SERVIDORA PÚBLICA(...)”

Caríssimos leitores, este é apenas um dos exemplos de superação.
Superação é poder fazer acontecer com as ferramentas que temos em mãos, superação é trabalhar da melhor forma possível independente do que pensem ou falem. Superação é irmos além do que os outros acham que somos capazes.

Todos passam por algum tipo de dificuldade para atingir seus objetivos, seja escutando não ser capaz para realizar determinada tarefa, sofrendo assédio moral, falta de apoio familiar, amigos artificiais e etc.

De toda sorte, uma coisa é certa: deixar-se levar e influenciar pelas palavras inúteis que os outros falam é sinal de fraqueza.

É ilusão acreditar que em determinado momento da vida seremos 100% felizes, pois durante toda a existência passaremos por contrariedades, sendo ricos ou pobres, com ou sem ajuda, gordo ou magro, negro, branco, amarelo, mestiço etc.

O que temos de fazer é exatamente se conscientizar disso.
Assim, precisamos ter força para ultrapassar os obstáculos, pois não adianta se entregar, uma vez que mais cedo ou mais tarde a pessoa vai acordar e lutar novamente para sair daquele imbróglio, a diferença é que terá perdido tempo precioso da vida.

Com relação à alegação que concurso público é “carta marcada”, saliento que apesar de vez ou outra pegarem alguém tentando fraudar os concursos, isso não é a regra.

Não espanta que haja fraudes, pois não vivemos num mundo de santos. Ademais, a fraude não é exclusividade de concursos públicos. Esqueceram do Mensalão? E as fraudes em licitações? Não poderia ser diferente, como somos serem humanos, falíveis portanto, o caminho mais fácil é sempre tentador, mas também mau negócio, pois a verdade sempre há de aparecer, mais cedo ou mais tarde.

Por fim, aconselho a todos que passam por situação semelhante que se afastem da corrente negativa para não serem contaminados. Você não é obrigado a escutar um “pseudo-amigo” que só te coloca para baixo... Ué, você não se manda?

Sigam a equação abaixo e verão que o resultado é certo:

“PENSAMENTOS POSITIVOS + AÇÕES POSITIVAS = RESULTADOS POSITIVOS”

Aproveitando o espaço, saliento que estou preparando uma palestra sobre concursos públicos direcionada para os estudantes de ensino médio e superior do Estado de Rondônia. Assim, diretores de escolas públicas ou particulares e outros interessados podem enviar mensagem para o e-mail constante no fim desta matéria para agendamento.

Que Deus abençoe a todos!!!
Paz, luz, felicidade e amor!!!
Bons estudos!!!    

Sr. dos Mnemônicos
Contato: e-mail/MSN (srdosmnemonicos@hotmail.com)

Fonte: Ridison Lucas de Carvalho

Autor: Ridison Lucas de Carvalho

Versão para impressão Indique este arquivo Comente a notícia

Veja Também

CONCURSO PÚBLICO X VESTIBULARCONCURSO PÚBLICO X VESTIBULAR

OS 7 PECADOS CAPITAIS QUE O CONCURSEIRO NÃO DEVE COMETEROS 7 PECADOS CAPITAIS QUE O CONCURSEIRO NÃO DEVE COMETER

TRT DA 14ª REGIÃO: DICAS PARA A PROVA + QUESTÕES DA FCC PARA DEBATETRT DA 14ª REGIÃO: DICAS PARA A PROVA + QUESTÕES DA FCC PARA DEBATE

Confira o resultado final da prova oral e provisório de avaliação de títulos do concurso para MPConfira o resultado final da prova oral e provisório de avaliação de títulos do concurso para MP

DICAS DE QUEM PASSOU EM 1º LUGAR NO CONCURSO DO TRF1 (1ª PARTE)DICAS DE QUEM PASSOU EM 1º LUGAR NO CONCURSO DO TRF1 (1ª PARTE)

Articulistas

Clickweb Agência Digital