Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Agronegócio

Líder no segmento de pescado na América Latina deve adquirir a patente do tambaqui enlatado desenvolvido pelo IFRO

Quinta-feira, 25 Maio de 2017 - 07:33 | da Redação


Líder no segmento de pescado na América Latina deve adquirir a patente do tambaqui enlatado desenvolvido pelo IFRO

O tambaqui enlatado é um produto cárneo industrializado concebido de uma tecnologia desenvolvida pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), no campus de Ariquemes, em parceria com a Universidade Federal de Rondônia (UNIR), e patenteado com reconhecimento no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

“O valor comercial da patente a gente está negociando. Há quinze dias, nós tivemos reunião com a Gomes da Costa lá em Santa Catarina (na unidade de Itajaí) para fazer a apresentação, eles tiveram muito interesse e agora eles virão a Rondônia para conhecer e até discutir parcerias para que a gente continue essa pesquisa”, anuncia.

Essa patente é sobre enlatamento de tambaqui e algumas tecnologias relacionadas a esse produto. O Reitor do IFRO, professor doutor Uberlando Tiburtino Leite, afirmou que a instituição está negociando a patente do produto, tem algumas empresas interessadas e a Gomes da Costa é uma delas.

“O valor comercial da patente a gente está negociando. Há quinze dias, nós tivemos reunião com a Gomes da Costa lá em Santa Catarina (na unidade de Itajaí) para fazer a apresentação, eles tiveram muito interesse e agora eles virão a Rondônia para conhecer e até discutir parcerias para que a gente continue essa pesquisa”, anuncia.

O tambaqui enlatado é um produto criado a partir de uma pesquisa iniciada em 2013 pela professora Juliana Minardi Galo com focos na “Produção de Tambaqui para a fabricação de enlatados como alternativa de comercialização para piscicultores na região do Vale do Jamari (RO)” e “Fabricação de Tambaqui moído enlatado”.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News