Rondônia, quinta-feira, 9 de abril de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Agronegócio

Publicado em Segunda, 22 de Julho de 2019 - 11h45

Projeto Reca comemora 30 anos de atuação com confraternização entre associados

da Redação


Projeto Reca comemora 30 anos de atuação com confraternização entre associados

A noite de sábado (20) foi especial para os mais de 600 associados do Projeto Reca (Reflorestamento Econômico Consorciado Adensado), localizado em Nova Califórnia, distrito de Porto Velho (RO) na divisa dos Estados de Rondônia e Acre. Com um jantar de confraternização os agricultores de Rondônia e imigrantes, vindos do sul, sudeste e nordeste do país comemoram os 30 anos de atuação do projeto.

O primeiro debate para a criação do Reca foi realizado 1987 e no dia em 18 de fevereiro de 1989 foi constituída a associação Reca com a presença de 80 produtores, relembra a primeira mulher a fazer parte da criação e diretoria do projeto, Aldênia dos Santos Gama que com a força do seu trabalho foi responsável também pela implantação da EFA (Escola Família Agrícola) Jean Pierre Mingan.

“Quando meus filhos saíram para estudar, eu senti muito. Eu chorava aqui e eles choravam lá. Depois disto, eu vi que era importante darmos condições de estudo para que os nossos filhos pudessem estudar e colocar em prática nas propriedades dos seus pais, tudo que aprenderam na escola”, explicou Aldênia.

A pioneira do projeto afirmou ainda que no decorrer desses anos, o projeto contou com a ajuda de muitos parceiros entre eles o arcebispo emérito de Porto Velho (RO), dom Moacyr Grechi, que faleceu no último dia 17 de junho, aos 83 anos.

Projeto Reca comemora 30 anos de atuação com confraternização entre associados

Sucesso

De acordo com o diretor-presidente do Projeto Reca, Alexsandro Queiroz dos Santos eles estão comemorando o sucesso de um projeto que está constantemente buscando por melhorias. “Desde o início, o Reca busca levar as comunidades união, solidariedade, sentimento de pertencimento. Aqui todo associado é dono no negócio, por isso esse momento é especial para todos”, ressaltou Santos.

Queiroz aponta que são 2.500 de sistemas agroflorestais, implantados em diversos arranjos com mais de 40 espécies florestais cultivadas e industrializadas, como alimentos, cosméticos e também como remédios naturais, incluindo, cupuaçu, castanha do Brasil, pupunha, açaí, rambotã, copaíba, andiroba, sangue de dragão, entre outras.

Apoio

O coordenador de projetos do Reca, Fábio Vailatti, afirma que o projeto é fundamental no apoio aos pequenos produtores de Nova Califórnia. “Minha família tem hoje maior parte da renda oriunda de atividades vinculadas ao Reca. Seja pela produção ou por serviços relacionados. O projeto tem uma estrutura física para o beneficiamento e comercialização dos produtos que dá tranquilidade para o agricultor fazer a produção. Isso motiva os produtores associados a continuar produzindo e ampliar suas lavouras”, destacou.

Segundo o diretor-presidente do Projeto Reca, os associados produzem palmito em conserva, polpa de fruta congelada, “cupulate” (chocolate a partir da semente do cupuaçu), manteiga de cupuaçu, óleo de castanha-do-Brasil e semente certificada de pupunha. “São mais de 40 espécies florestais cultivadas e industrializadas em um trabalho de cooperativismo, com foco na preservação do meio ambiente”, finaliza.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/agronegocio/projeto-reca-comemora-30-anos-de-atuacao-com-confraternizacao-entre-associados)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions