Rondônia, quinta-feira, 18 de julho de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Terça, 25 de Setembro de 2012 - 12h19

Acusado de matar e ocultar cadáver é julgado em Santa Luzia

TJ-RO


Mais um julgamento de crime cometido na área rural é realizado na comarca de Santa Luzia. Nesta terça-feira, dia 25, o réu Edinei da Silva Pontes, acusado de matar Aledison Rosa Valiente e ocultar o seu cadáver, vai a juri popular. O crime ocorreu no dia 17 de setembro de 2010, na linha P-12, km 30, no Município de Parecis. Segundo consta nos autos, Edinei teria dado um tiro de espingarda na cabeça de Aledison depois de pegar uma carona com a vítima.

Edinei e um segundo réu, Ricardo Nascimento Pontes, trafegavam de trator na estrada quando tiveram problemas mecânicos. A vítima teria passado de moto no local e concordou em dar carona, em troca de alguns litros de combustível. Depois de conduzi-los até uma propriedade rural, acabou sendo morto por divergências na hora do pagamento.

Os acusados enterraram o corpo da vítima para esconder o crime. Também se apossaram da moto. O veículo foi mantido escondido por um tempo e depois foi vendido a um menor, já com número de chassi raspado. Porém o veículo, que tinha sido emprestado à vítima no dia do crime, foi reconhecido pelo filho da proprietária.

Edinei responde pelo crime de homicídio qualificado, por motivo fútil, cometido mediante recurso que dificulta ou torna impossível a defesa do ofendido, ocultação de cadáver e furto. Já Ricardo, responde apenas pela participação na ocultação do corpo da vítima.

Conflito agrário

Outro crime, julgado na última quinta-feira, dia 20, na mesma comarca, também ocorrido na área rural, em uma região de conflito agrário, conhecida como ¿Assentamento do Murilo¿, resultou na absolvição do acusado, João Marciano da Silva Neto.

De acordo com relatório do processo, ele teria, em 17 de março de 2011, assassinado Jocacir Pires da Silva, com tiro de espingarda, num lote na linha 80 Gleba Corumbiara, cidade de Parecis.

A vítima era vaqueiro e estava na companhia de seu patrão, conduzindo algumas reses bovinas para a propriedade do sogro do réu. Consta que os animais teriam invadido a propriedade vizinha, mas estariam sendo devolvidos. Durante o trabalho, a vítima se desentendeu com o réu, que acabou atirando e atingindo Jocacir. A defesa alegou legítima defesa, argumento que foi acatado pelos jurados.

Agenda

Na pauta de juri ainda está previsto mais um julgamento na próxima quinta-feira. O réu Mário Pereira da Silva (Auto n. 0022683-57.2001.8.22.0018) é acusado de matar a esposa.

As sessões de julgamento na comarca de Santa Luzia são presididas pela juíza Michiely Aparecida Cabrera Valezi Benedeti. Contam ainda com a atuação de membros do Ministério Público (promotor de justiça), Defensoria Pública e advogados.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/acusado-de-matar-e-ocultar-cadaver-e-julgado-em-santa-luzia)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions