Rondônia, 02 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Cidades

Agentes de trânsito já aplicaram mais de 14 mil multas neste ano em Porto Velho

Em 2015, foram aplicadas mais de 30 mil multas. Falta do cinto de segurança é a infração mais cometida.

Quinta-feira, 24 Novembro de 2016 - 12:14 | da Redação


Agentes de trânsito já aplicaram mais de 14 mil multas neste ano em Porto Velho

Os agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Semtran) aplicaram mais de 14 mil multas a motoristas nas ruas de Porto Velho, no período de janeiro a outubro deste ano. No ano passado, de janeiro a dezembro, foram aplicadas 30.679 multas. Os dados são da própria Semtran, que ressalta que o crime mais cometido é a falta de uso cinto de segurança.


Em todo o ano de 2015, foram 8.803 casos de motoristas flagrados sem usar o cinto de segurança, seguido por 7.464 infrações cometidas por avançar o sinal vermelho. Em terceiro lugar o uso do aparelho de celular enquanto dirige, com 5.466 casos. Os dados deste ano ainda não foram contabilizados. A secretaria também não informou a quantidade de multas aplicadas em cada mês.

Segundo a chefe de Divisão da Fiscalização de Trânsito, Nathiele Martins, esse número ainda vai subir, devido a continuidade do trabalho nos meses de novembro e dezembro que serão contabilizados apenas em outro momento.

Para atuar no combate as infrações de trânsito existem 86 agentes que ficam em pontos considerados estratégicos, por ocorrer o maior número de acidentes. Nos centros comerciais também é feita fiscalização, por ter um número maior de veículos circulando e, na maioria das vezes, estacionando em local proibido.

Nathiele explica que para o agente de trânsito aplicar a multa, ele precisa ficar atento. Caso o veículo esteja em movimento, o agente faz a anotação da placa do veículo e a infração cometida. Mas, se o agente estiver à frente do condutor, ele é orientado a parar, para que seja confeccionada a multa. Em outros casos, como o veículo estacionado em local proibido, a infração é registrada com os dados do veículo e deixada, normalmente, sobre o parabrisas.

“Nosso objetivo é ter um agente capacitado no exercício de suas atribuições, para inibir o cometimento de infrações. Jamais o foco é atuar ninguém, nós somos orientados a se fazer presente em locais movimentados, para que as pessoas respeitem a presença do agente e respeite as leis de trânsito. Assim nós vamos estar salvando vidas e evitando acidentes”, explica Nathiele Martis.


Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também