Rondônia, sexta-feira, 20 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Quarta, 07 de Abril de 2010 - 09h54

Cães capturados pela Prefeitura da Capital são colocados para adoção

Augusto José


A Prefeitura de Porto Velho, através do Departamento de Controle de Zoonoses (DCZ), também conhecido como Canil Municipal, mantém um programa de adoção de animais domésticos, a maioria cães. Em média o DCZ recolhe cerca de 400 cães ao mês, somente atendendo chamados de pessoas que não querem mais, o até então bichinho de estimação. Além desses, existem os que são capturados na rua pela “carrocinha”, cujo número varia de 15 a 20 ao dia.

Conforme a diretora do DCZ, Deuzeli Sales, todos os animais que dão entrada ali passam por avaliação de veterinários e recebem os cuidados necessários antes de serem colocados para adoção. “São animais saudáveis, bem cuidados e que já saem vacinados contra a raiva”, diz. As raças são diversas e fica a critério das pessoas interessadas escolherem o animal que mais se agradam, acrescenta Deuzeli.

Para adotar qualquer um dos animais colocados à disposição do público pelo DCZ, a pessoa interessada deve preencher alguns requisitos necessários. Um deles é quanto à condição e disposição para cuidar do bicho; é preciso que tenha espaço para deixar o animal e esse espaço deve ser cercado ou murado, para evitar fugas. Além disso, o interessado deve apresentar cópia de RG e comprovante de residência.

Orientações

Depois de oficializada a adoção, veterinários do DCZ orientam as pessoas sobre os cuidados que devem ter com o animal, quanto à alimentação, higiene e vacinas. “É importante ressaltar que a pessoa não é dona do bicho de estimação, mas apenas tem a posse dele. Todo animal pertence ao poder público”, afirma o chefe da divisão e controle de animais domésticos, veterinário Marco Mugrabe. Ele acrescenta que no DCZ também existem dois cavalos para adoção, os quais estavam abandonados na rua.

Outro ponto bem explicado pela equipe do DCZ é quanto à guarda do animal, pois no caso de fuga e recaptura, é necessário pagar uma taxa de R$ 49,00 para retirá-lo. Isso vale para qualquer pessoa. A fuga do animal também representa perigo para ele e para a comunidade, já que pode contrair doenças ou sofrer algum acidente.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions