Rondônia, 24 de junho de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Cidades

Caso suspeito da Gripe H1N1 em bebê ainda não foi confirmado

Quarta-feira, 06 Maio de 2009 - 17:59 | Nara Vargas


O caso de suspeita da gripe influenza vírus H1N1 em uma criança de um ano e meio, vinda de Barcelona, Espanha ainda não está conformado, mas a menina que está internada em isolamento viral no hospital Cemetron, passa bem garantem os médicos.



Pelo procedimento do Ministério da Saúde, a criança foi liberada para viajar para Porto Velho depois de passar por São Paulo e Brasília porque o risco de transmissão do vírus estava praticamente descartado. A recomendação era de que a criança deveria apenas ser resgatada no aeroporto e levada para casa em ambulância, o que foi prontamente cumprido pela equipe do Serviço Móvel de Urgência, SAMU. Com o novo procedimento determinado pelo Ministério da Saúde, a criança foi resgatada novamente pela ambulância do SAMU e levada para o Cemetron.

O secretário municipal de Saúde iniciou a coletiva explicando os procedimentos que vêm sendo feitos com a menina e com a mãe, deste a tarde desta terça feira, quando o Ministério da Saúde decidiu mudar o protocolo, determinando que a paciente fosse internada em isolamento viral e não mais permanecesse em quarentena domiciliar.

Pelo procedimento do Ministério da Saúde, a criança foi liberada para viajar para Porto Velho depois de passar por São Paulo e Brasília porque o risco de transmissão do vírus estava praticamente descartado. A recomendação era de que a criança deveria apenas ser resgatada no aeroporto e levada para casa em ambulância, o que foi prontamente cumprido pela equipe do Serviço Móvel de Urgência, SAMU. Com o novo procedimento determinado pelo Ministério da Saúde, a criança foi resgatada novamente pela ambulância do SAMU e levada para o Cemetron.

Segundo a equipe médica do Cemetron, o quadro da menina é estável e desde que apresentou o quadro de gripe, há oito dias, a menina já não apresenta febre há quatro dias. “O risco de transmissão ainda existe mas temos que esperar pelo resultado dos exames que devem sair até sexta feira. No momento o estado geral da menina é bom e ela deve permanecer em isolamento para evitar contágio ou disseminação do vírus” disse o médico.

Os passageiros e a mãe

Um Comitê de Saúde formado por técnicos das secretarias municipal e estadual de Saúde e também da Anvisa fez um cadastramento dos 143 passageiros que chegaram no mesmo vôo. Através de ligações telefônicas, estas pessoas estão sendo monitoradas para possível constatação de qualquer sintoma da gripe. A mãe da criança que está em contato direto com a menina, também está sendo monitorada e até o momento, não apresenta nenhum sintoma da doença.

Auto medicação

Os médicos informaram ainda sobre os riscos da automedicação. Os anti-virais Tamiflu e Relenza, cujas substâncias ativas são oseltamivir e zanamivir respectivamente, são os únicos medicamentos aprovados que têm se mostrado eficazes contra a o vírus H1N1, que ficou conhecida como "gripe suína", mas os médicos recomendam que não é aconselhável a ingestão do medicamento apenas por precaução.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também