Rondônia, quarta-feira, 17 de julho de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Sexta, 29 de Janeiro de 2010 - 11h02

Com mais de 600 casos Rolim de Moura realiza mutirão de combate a dengue

RONDONIAGORA


Com objetivo de eliminar focos de mosquitos e reduzir os casos de dengue em Rolim de Moura começa, neste sábado (30), um trabalho de conscientização da população e de combate direto ao mosquito. O plano de contenção da doença será desenvolvido em etapas. A primeira atenderá 04 bairros. Serão feitas orientações e contenção de possíveis focos da doença. O plano envolve ainda ampliação no atendimento a pacientes e da capacidade para exames, setorização do fluxo de pacientes e a criação do Comitê de Controle e Combate a Dengue. A preocupação envolve ainda o aumento dos casos de dengue hemorrágica.

Os números justificam a ação de emergência. Somente nos primeiros dias de 2010 foram notificados mais de 50% do total identificado no ano passado. O município registrou nas três primeiras semanas de janeiro mais de 600 casos de dengue. Em 2009 foram 1045 notificações, destas, foram registrados 09 casos de dengue hemorrágica. Na primeira etapa as atividades atenderão os bairros Olímpico, Nova Morada, Planalto e Centenário. O mutirão de conscientização e combate será feito por servidores públicos da área da saúde, membros de entidades representativas e voluntários.
“Os números mostram que estamos com problemas. Precisamos agir, ampliamos o número de fiscais e a atuação de equipes de agentes comunitários. Porém, esse trabalho precisa do apoio de todos, do poder público, das entidades e principalmente da população. A concentração acontece, neste sábado, a partir das 06h30, no Colégio Monteiro Lobato. Nas etapas seguintes, o plano de contenção da doença prevê visitas em todas as residências da cidade”, explicou Roberto Diniz Fernandes, secretário municipal de saúde.

Mais de 3000 fossas com potencial de proliferação - Os moradores dos bairros, que serão visitados neste final de semana, devem fazer uma vistoria prévia nos quintais e residências. O material com potencial para criadouro do mosquito Aedes aegypti deve ser separado e colocado em frente às casas. Veículos da secretaria municipal de obras e de voluntários recolherão os entulhos durante o mutirão. Alem do recolhimento de matérias também serão fiscalizadas as fossas sanitárias. Atualmente um dos principais focos de vetores da doença. Em levantamento realizado pela Funasa, em 2009, foram identificados mais de 3000 fossas com potencial de proliferação da dengue. Os problemas envolvem desde suspiros abertos, tampas mal lacradas, até fossas a céu aberto. As famílias de baixa renda, passarão por triagem, e terão a recuperação da fossa feita pela prefeitura.

Participação da população - “Apesar dos órgãos e autoridades envolvidos, a participação da população deve ser a parte mais importante nesta ação de combate aos focos do mosquito. Deve haver uma ação intensa para a limpeza de quintais e coleta do lixo, além do controle de águas paradas em plantas, jardins e poças d’água. Depósitos e caixas que armazenam água devem ser lavados semanalmente. A ação mais eficiente para combater a dengue é a participação maciça da população com as ações básicas para impedir que os mosquitos proliferem em locais que armazenam água e lixo”, destacou Aredio Bento de Paulo, presidente do Comitê de Controle e Combate a Dengue.

Atendimento na Unidade Básica de Saúde Albert Sabin - A população deve procurar atendimento médico, assim que perceber qualquer sintoma que possa evidenciar a dengue, evitando a auto-medicação. O atendimento aos pacientes será feito em todas as unidades de saúde do município. Porém preferencialmente na Unidade Básica de Saúde Albert Sabin. O local atenderá 24h00, com equipe formada por médico, enfermeiro e 02 técnicos de enfermagem, 02 recepcionistas e 02 zeladoras. Ao todo 48 profissionais atuarão em escala na unidade. Os casos com sinais de alerta e graves serão encaminhados ao Hospital Municipal Amélio João da Silva. O plano de contingência ainda contempla exames para apoio de diagnóstico.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/com-mais-de-600-casos-rolim-de-moura-realiza-mutirao-de-combate-a-dengue)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions