Rondoniagora.com

Rondônia, 04 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

Comarca de Vilhena realiza nove julgamentos no Tribunal do Júri em junho

Quarta-feira, 25 Maio de 2016 - 17:27 | Da Redacao


Entre os dias 20 e 30 de junho, a 1ª Vara Criminal da comarca de Vilhena realizará nove julgamento de acusados de homicídios e tentativas de homicídios. Esta é a segunda reunião periódica do Tribunal do Júri em 2016, na comarca. As sessões são abertas ao público, com início às 9h, no fórum des. Leal Fagundes, na Avenida Luiz Mazziero, 4432, no Bairro Jardim América.

Na primeira sessão será julgado Flavio Vieira, acusado de tentativa de homicídio. No dia seguinte, 21 de junho, Claudionor Marques Oliveira será submetido a julgamento pela morte de pai e filho (Wanderson e Natalino), em decorrência de uma dívida de 65 reais. Cleverton Antônio Alves da Silva será julgado por ter tirado a vida de uma pessoa a golpes de facão e enxada.

Os réus Daniel Neves da Silva e Guilherme Rodrigo Luna serão julgados no dia 23 de junho, acusados de homicídio simples. Sob acusação de feminicídio e tráfico de drogas, Elias Pereira Correia e Weiderson Luiz de Paula serão julgados no dia 24/06, sexta-feira.

Réu confesso, Vinicius de Oliveira Rogowski será julgado pela morte de um homem a golpes de martelo e faca, após uma festa de natal, no final do ano passado. Já Gilberto Francisco da Silva será julgado pelo júri popular pela acusação de ter matado um desafeto com golpes de canivete, após um desentendimento num bar. Claudemir do Nascimento Santos será julgado por um homicídio ocorrido no primeiro dia de 2016. A sessão de julgamento de Jonatan Amaral Nogueira, acusado de executar um desafeto, será a última desta reunião periódica do júri, no dia 30 de junho.

Tribunal do Júri

No Tribunal do Júri são julgados os crimes dolosos contra a vida, como homicídio. No início de cada sessão, a juíza presidente, Liliane Pegoraro Bilharva, fará o sorteio dos sete jurados que, após as exposições de defesa e acusação, avaliarão a culpa ou inocência do réu.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News