Rondônia, segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Quarta, 20 de Maio de 2009 - 15h38

Dia de Campo leva tecnologia do café para Rolim de Moura

Wânia Ressuti


A Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia - Emater realiza nesta sexta-feira, 22, à partir das 8 horas, em Rolim de Moura, Dia de Campo sobre a cultura do Café. As atividades incluem palestras e visita na propriedade do agricultor Alcides Rosa, na Linha 208-Sul, Km 05. A expectativa é que cerca de 250 produtores rurais e interessados pela cultura participem de evento. De acordo com pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -IBGE, a previsão de safra para este ano, no Brasil é de 2.353.448 toneladas, considerando as duas espécies: arábica e conilon. Baseado em dados levantados durante o 2.º Levantamento de Café 2009, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no período de 13 a 25 de abril, em vários estados do País, Rondônia possui 278,68 milhões de covas, entre cafezais em formação e em produção. A espécie que mais se adaptou às condições climáticas do Estado foi a conilon. Essa variedade representa 27,51 % da produção nacional.

Apesar de, segundo Sergio Parreiras Pereira, coordenador do Núcleo de Manejo da Lavoura Cafeeira do CBP&D/Café do Instituto Agronômico de Campinas - IAC (*) a previsão do café conilon, para este ano apontar “um crescimento de 2,0%, ou seja, acréscimo de 217 mil sacas”, a situação mostra que em Rondônia haverá uma pequena queda de 9,1% da safra a colher, em relação à colhida em 2008. Para Pereira, isso se dará, devido a “veranicos e a elevadas temperaturas registradas por ocasião da floração do café, manejo inadequado da cultura e baixa fertilidade dos solos”.

A proposta para mudar esse quadro está no incremento do Governo Estadual que, através da parceria entre Secretaria de Agricultura, Pecuária e da Regularização Fundiária –Seagri e Emater tem apresentado programas de incentivo a melhoria da produção/produtividade, melhoria da qualidade e distribuição de insumos como mudas, calcário e mecanização agrícola). O extensionista Maurício Brandão, da Emater Santa Luzia comenta que os cafeicultores da região têm visto com bons olhos as técnicas apresentadas pelos técnicos da Seagri e Emater, mas nem todos têm condições financeiras para investirem em tecnologias mais adequadas, como adubação, irrigação e outros. “De um modo geral alguns beneficiários aplicam algumas recomendações, porém devido a descapitalização do agricultor, ficam a desejar”, diz.

Em Rolim de Moura, município onde será realizado o Dia de Campo sobre Cafeicultura, 60% das propriedades dos agricultores familiares exploram a cultura em 4.123 ha. de área plantada e uma produção de 2.969 quilos/ano. “Podemos considerar que o café é a 2.ª fonte de renda das famílias rurais”, diz Brandão.

Durante o Dia de Campo todas essas informações e técnicas sobre preparo da área, manejo e colheita do café serão levados pelos palestrantes aos agricultores que já cultivam café e aos interessados em iniciar a cultura.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions