Rondônia, terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Quarta, 26 de Janeiro de 2011 - 16h43

DNIT conclui estudo sobre indenizações de imóveis localizados em área de viadutos

Joel Elias


A prefeitura de Porto Velho aguarda a resposta do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), sobre o repasse dos recursos para o pagamento das indenizações dos imóveis que deverão ser demolidos, por estarem localizados na área de influência dos viadutos que estão sendo construídos na capital.A empresa contratada pelo departamento já concluiu o estudo para saber o custo das desapropriações e o número de imóveis que deverão ser indenizados. A conclusão do estudo foi comunicado à secretaria municipal de Projetos e Obras Especiais (Sempre) no dia 14 de janeiro, e no dia 19 a prefeitura entrou com a solicitação do repasse.

Pelo diagnóstico, são 104 imóveis que deverão ser indenizados no perímetro que vai do Trevo do Roque até a Avenida Campos Sales, o valor das indenizações chega a R$ 7,23 milhões. Como a construção dos viadutos é uma obra federal, financiada pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC I) e executada em parceria com a prefeitura de Porto Velho, o desembolso para o ressarcimento aos proprietários dos imóveis tem que ser feito pela União, via DNIT. “O relatório já foi aprovado em Brasília e estamos à espera do repasse dos recursos para o pagamento das indenizações. E essa é uma medida que precisa ser tomada para que a obra tenha seqüência e o cronograma não seja prejudicado”, disse o secretário.

No prazo

Israel Xavier confirmou ainda, que a obra não está atrasada e o cronograma de execução está sendo cumprido, o que mantém a previsão de conclusão total dos viadutos para novembro de 2011, conforme o planejamento feito pela prefeitura. “Toda a obra de arte já foi concluída, ou seja, toda a estrutura de concreto que tinha para ser levantada já está pronta, falta agora apenas o serviço de terraplenagem. O que existe é uma paralisação momentânea por conta das chuvas. Porém, assim que o tempo melhorar a obra será retomada imediatamente”, frisou.

A construção dos viadutos faz parte do projeto “Adequação de Trechos Rodoviários”, elaborado pelo prefeito Roberto Sobrinho, e que visa melhorar o trânsito em Porto Velho, adequando a cidade ao crescimento ocasionado com a construção das hidrelétricas do rio Madeira (Santo Antônio e Jirau).

Para o prefeito, depois de concluídos os viadutos, eles serão importantes para separar o tráfego urbano do intermunicipal, organizando melhor o fluxo dos veículos dentro da cidade e principalmente, reduzir o número de acidentes com vítimas fatais nos locais mais críticos. No Trevo do Roque, na BR-364, por exemplo, o grande fluxo dos caminhões de cargas tem causado problemas no trânsito e provocado vários acidentes graves.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions