Rondônia, segunda-feira, 16 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Quarta, 21 de Maio de 2008 - 12h56

Emater realiza Dia de Campo e revela potencialidade de Presidente Médici

Wania Ressutti


Aproximadamente 400 pessoas participaram do Dia de Campo sobre manejo de pastagem realizado no último sábado em Presidente Médici. A atividade, organizada pela Associação de Assistência Técnica e extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater) em parceria com a Associação Mista de Produtores Rurais do Setor Leitão (Amprusel), foi realizada na Linha 104 (4.ª Linha), Lote 16 B – Gleba 10 – Setor Leitão (Ponte Preta), propriedade do agricultor Lauro Maria Fischer, para levar aos participantes as práticas e manejo adequados de pastagem para elevar a lotação animal sem interferir no equilíbrio ambiental.

Presidente Médici faz parte da bacia leiteira de Rondônia e é um dos municípios de maior potencialidade produtiva. Segundo José Ribeiro, extensionista da Emater na região, o município tem uma área de 1600 quilômetros quadrados de pastagem (160 mil hectares), dos quais 70 por cento voltada à pecuária leiteira, numa produção de 85 mil litros de leite/dia. “Essa é uma produção baixa, com vacas que produzem de 4 a 5 litros de leite/dia”, diz. As práticas orientadas durante o Dia de Campo deverão chamar a atenção para que novos agricultores possam aderir à técnica. “Queremos elevar a produção de leite, através do Programa Pró-Leite, em 20 por cento até o ano de 2011”, salienta Ribeiro.

O leite produzido em Presidente Médici abastece toda a região, incluindo-se os municípios circunvizinhos de Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Alvorada do oeste, Cacoal e Ministro Andreazza. Também abastece os dois laticínios locais: Flor de Rondônia e Tradição. Com o manejo adequado, além de aumentar a produção local os produtores leiteiros estarão contribuindo com as questões ambientais e sociais. No caso do agricultor Lauro Fischer, sua propriedade foi escolhida como propriedade referencial em uma atividade que vem sendo desenvolvida dentro do Programa Pró-leite, do governo estadual. Com toda a sua família envolvida na pecuária leiteira, Lauro introduziu a prática de manejo após ser orientado pela Emater e hoje mostra resultados significativos em sua propriedade. “Antes eu criava 18 vagas em cinco alqueires. Hoje crio 36, em dois”, diz. Um parceiro muito importante para a Emater nesse segmento é o Banco do Brasil.

Através do Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável (DSR) – uma estratégia da instituição que busca impulsionar o desenvolvimento sustentável das regiões – foram investidos recursos financeiros para o desencadeamento da bovinocultura de leite local.

Nas novas orientações de assistência técnica e extensão rural não adianta apenas orientar e oferecer recursos financeiros. É preciso incentivar outras práticas como a higienização e melhoria da qualidade dos produtos oferecidos. Presidente Médici é o único município de Rondônia que já atingiu 100 por cento dos seus produtores adequado à Instrução Normativa N.º 51, que exige a entrega do leite em tanques de resfriamento. “90 por cento dos produtores já são donos de seus tanques e apenas dez por cento ainda estão atrelados às indústrias”, diz Ribeiro. Através da Associação dos Produtores Rurais da Primeira Linha (Aprupril) foi liberada uma emenda parlamentar – do deputado estadual Chico Paraíba – no valor de 200 mil reais para aquisição do transporte, agregando mais valor ainda ao produto. “Sem o transporte os produtores de leite de Presidente Médici já obtinham oito por cento a mais de lucro no leite, em relação ao preço praticado em outros mercados”, revela Ribeiro.

Outro enfoque priorizado no Dia de Campo foi a preocupação com o meio ambiente e a saúde humana. A questão ambiental é uma realidade e deve estar a serviço da comunidade, devendo ser discutido no cotidiano, de maneira geral, com intuito de melhorar a qualidade de vida e a preservação do planeta para as gerações futuras, levando-se em consideração as interações existentes entre o homem, a natureza e os sistemas. Para isso foi destacada uma estação para tratar exclusivamente sobre o assunto. As extensionistas da Emater, Fátima do Espírito Santo Martins e Valdimar Costa e Silva abordaram o tema sobre a destinação final das embalagens de agrotóxicos, salientando a importância de não se deixar esse material jogado pela propriedade e não reutilizá-lo em outras atividades.

Declarado acima das expectativas pelos organizadores do evento o Dia de Campo contou ainda com a presença dos deputados Luiz Cláudio pereira Alves e Luizinho Goebel, além de lideranças locais e dos municípios circunvizinhos.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions