Rondoniagora.com

Rondônia, 01 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

Familiares e amigos esperam Justiça no júri de acusados de frio assassinato

Quarta-feira, 21 Setembro de 2011 - 18:02 | Com informações do Portal JiPa


Acontece na manhã desta quinta-feira (22), a partir das 8 horas no fórum de Ji-Paraná, o julgamento de Osvaldo Dutra Medeiros, Valter Inácio Ferreira, Amauri Cláudio Dutra e Gideon Martins da Silva que junto com um menor L. H. D. teriam assassino a tiros João Murilo Donadel em maio de 2.010. Familiares e amigos pedem apoio a toda população para que a justiça seja feita e desde já agradece a atenção da população.

O caso

Na Madrugada do dia 16/06/2010 na saída de uma casa de Shows de Ji-Paraná a vítima João Murilo deixava o local na companhia de um amigo, quando foi emboscado por duas pessoas em uma motocicleta que interceptou o veículo da vitima e o carona efetuou disparos de arma de fogo sendo que um atingiu no braço esquerdo e tórax de João que veio a falecer instantaneamente. Segundo a versão dos próprios acusados tudo começou entre Valter Inácio e a vítima por causa de uma garota, que seria namorada de Valter. João Murilo aproveitando o momento em que Valter foi ao banheiro, tentou dançar com a menina. Não gostando do acontecido Valter foi tirar satisfação com João Murilo, tendo os dois discutido e até trocado socos. Após o fato Valter se reuniu com o demais e traçaram os planos para a execução da vítima, tendo o menor e Gideon ido buscar a arma na casa de Amauri que a emprestou para o cometimento do crime, retornado e aguardado o sinal dos companheiros para cometeram o delito.

De acordo com o Boletim de Ocorrências, registrado na delegacia de Polícia Civil de Nova Brasília, através da guarnição comandada pelo Edson Fernandes, João Murilo estava no “Vale do Sol” e segundo a testemunha, A.T em determinado momento acabou se desentendendo com um homem de identidade desconhecida.

Próximo das 5h30 da manhã os amigos decidiram voltar para casa, e já na BR-364 a poucos metros da casa de shows os dois foram surpreendidos com a aproximação de dois homens em uma motocicleta, tendo o carona sacado de uma arma e disparo em direção ao veículo com o tiro acertando o lado esquerdo do parabrisa, atingindo o braço esquerdo de João Murilo com a bala transfixando, possivelmente atingindo o coração.

PRISÃO DOS ACUSADOS

A equipe do Sevic da 2ª Delegacia comandada pelo Delegado Luiz Carlos Hora elucidaram o crime rapidamente, apresentando os acusados no dia 20/05/2010 que, na oportunidade, assumiram toda a culpa das suas condutas. Desde a data em que ocorreu o homicídio os Policiais vinham investigando para elucidar os fatos e chegar aos autores do crime. A equipe concluiu os trabalhos de investigação e prendeu os acusados Osvaldo Dutra Medeiros, piloto da motocicleta na hora do crime, Valter Inácio Ferreira, o pivô da confusão, Amauri Cláudio Dutra, proprietário da arma utilizada para a pratica do crime e o então menor L. H. D., autor do disparo que levou a vítima a óbito. Os policiais apreenderam também dois revolveres calibre 38 na residência de Amauri, os quais são de sua propriedade, sendo que de uma delas é produto de roubo e foram submetidas a perícia.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News