Rondônia, sexta-feira, 23 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Quarta, 09 de Dezembro de 2015 - 11h59

Hospital de Emergência e Urgência de Cacoal vai desafogar João Paulo II

Paulo Sérgio


Heuro de Cacoal será inaugurado na sexta-feira

Estimada em 700 mil pessoas, a maioria da população de Rondônia terá uma nova referência em atendimento médico de urgência e emergência a partir desta sexta-feira (11) em Cacoal. É quando o governo estadual inaugura a primeira unidade do Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia (Heuro), o maior hospital público do interior de Rondônia.

A população beneficiada está nas regiões entre os municípios de Jaru e Vilhena e, também, a residente na maioria das cidades localizadas no eixo da BR-429, rodovia que dá acesso à fronteira com à Bolívia. Essa nova porta de entrada a tratamento médico garante o esvaziamento do mais requisitado hospital público de Rondônia, o João Paulo II, em Porto Velho na capital, que há 30 anos acolhe pacientes de todo o estado e dos vizinhos Acre, Amazonas e Mato Grosso. Essa demanda provoca a superlotação na unidade.

“O atendimento regionalizado é uma ordem do governador Confúcio Moura. Isso transforma Cacoal em referência médica no interior dando maior eficácia a resolubilidade dos problemas de saúde pública, já que mantemos na cidade outro hospital público, o Regional de Cacoal”, acentua o secretário estadual adjunto de Saúde Luis Eduardo Maiorquim, explicando que o atendimento regionalizado está pactuado no colegiado da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

O Heuro Cacoal está estruturado e equipado com modernos 110 leitos. Além dos atendimentos de emergência e urgência, a unidade conta também com especialidades como oncologia, cardiologia, ortopedia, clínicas médica e cirúrgica, bucomaxilofacial e quatro salas cirúrgicas. Tudo climatizado e com gases canalizados. O Heuro dispõe de laboratório próprio e realiza exames de alta complexidade, como tomografia, por exemplo.

 “Tudo aqui é muito bom. Agora as pessoas doentes não precisam mais ir para Porto Velho e nem sair de Rondônia para se tratar” –  Manuel Gomes, paciente do Heuro

“Aqui no Heuro já realizamos procedimentos como o cateterismo, angioplastia e colocação de stent, o primeiro ocorrido no interior”, antecipa o diretor do Hospital Regional de Cacoal (HRC), Marco Aurélio Vasquez, que conduz os detalhes para a inauguração do Heuro. “Não há em Rondônia, nem na rede particular, salas de cirurgias tão bem equipadas como as desse hospital”, assegura Vasquez.

Morador de Seringueiras, Manuel Gomes dos Santos, 55 anos, já está internado no Heuro e vai fazer o procedimento de cateterismo na semana que vem. “Os médicos daqui descobriram que tenho doença de chagas e estão me tratando como se eu estivesse na minha casa. Tudo aqui é muito bom. Agora as pessoas doentes não precisam mais ir para Porto Velho e nem sair de Rondônia para se tratar”, declarou o paciente, que veio da Bahia há 38 anos.

O servidor público José Goes é o coordenador de transporte do Heuro Cacoal. “Só temos a comemorar. Quem ganha com esse novo Heuro é a sociedade do interior de Rondônia. É grandioso o que o governo estadual está fazendo pela saúde pública”, declarou Goes que atua há 28 anos no serviço público em Cacoal.

A inauguração do Heuro será na sexta-feira (11), com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Castro, e do governador Confúcio Moura.

HOSPITAL REGIONAL

Além do Heuro, integra o complexo hospitalar do governo de Rondônia no interior do estado o Hospital Regional de Cacoal (HRC). Nessa unidade, o internamento de pacientes está condicionado ao prévio encaminhamento de outros hospitais contribuindo para a fluidez dos tratamentos evitando filas desnecessárias.

O HRC é outro hospital de grande porte fora da capital beneficiando diretamente a população interiorana. Nele é possível realizar tratamentos nas seguintes especialidades: ortopedia, neurologia, neurocirurgia, medicina intensiva, clínicas médica e cirúrgica.

Os procedimentos cirúrgicos ocorrem nas áreas vascular, ginecológica, oncológica, torácica, nefrológica, cardiológica e pediátrica. O HRC dispõe de leitos de UTI adulto e pediátrico e oferece residência médica em pediatria, cirurgia e clínica médica.

O zelador Antônio Pedro Silva, 52, mais conhecido por Mandin, em Alta Floresta do Oeste onde reside, vai voltar ao HRC dentro de 3 meses com o resultado dos exames solicitados na revisão que fez na quarta-feira (8). “Aqui eu faço tratamento neurológico e sou muito bem tratado. É tudo de graça e estou muito satisfeito. Recomendo”.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions