Rondônia, sexta-feira, 3 de abril de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Sexta, 22 de Setembro de 2017 - 16h45

Inauguração de posto de Identificação em Buritis extingue viagens longas e filas para emissão de documentos

da Secom/RO


Inauguração de posto de Identificação em Buritis extingue viagens longas e filas para emissão de documentosMaria Clara recebe a primeira carteira de identidade emitida com informações do Posto de Identificação de Buritis

Os moradores do município de Buritis, distante cerca de 350 quilômetros de Porto Velho, podem, a partir de agora, obter o Registro Geral, ou carteira de identidade, sem precisar fazer longas viagens e enfrentar madrugadas nas filas. A cidade ganhou um Posto de Identificação, inaugurado nesta sexta-feira (22), pelo vice-governador Daniel Pereira.

O Posto de Identificação funciona numa sala do Centro de Referência de Assistência Social de Buritis, na rua Cujubim, setor 3.


Têm dois funcionários do município para atendimento. Ana Lúcia Medeiros e Roniclei Gonçalves Pinheiro foram treinados em Porto Velho para coletar dados, que serão encaminhados ao Instituto de Identificação Científica e Criminal Engrácia da Costa Francisco, órgão ligado à Polícia Civil do Estado, para processar e emitir os documentos.

Segundo Roniclei, o posto receberá demanda muito grande, pois para ele convergirão, também, moradores dos distritos próximos como Rio Pardo, Jacinópolis, Campo Novo, Rio Branco e Minas Novas. “Parte dos atendimentos será para atender quem não tem o documento, outra parte virá para renovar”, prevê.

AGENDAMENTO

Ana Lúcia está atenta para o volume de serviço que terá pela frente e planeja estabelecer um agendamento para quem mora na cidade. “Quem vem da zona rural não pode perder tempo, então, teremos que providenciar a coleta logo”, diz. Os servidores admitem que a proposta precisa ser testada. Este é um dos desafios a serem enfrentados por eles. Buritis é o centro administrativo de distritos de vários municípios da região. As ruas são movimentadas e o comércio é forte. Ter um órgão para emitir carteiras de identidade com mais agilidade é de grande importância.

Os postos de identificação devem ser espalhados pelos demais municípios. É uma necessidade que se traduz em cidadania. Afinal, não ter um documento de identificação é praticamente não existir oficialmente.

O Instituto de Identificação Científica e Criminal (IICC) ainda utiliza servidores de carreira, todos policiais civis, para coletar dados para a emissão das carteiras da identidade. Nos postos, a coleta passa a ser feita por servidores municipais, devidamente treinados para este fim. As prefeituras também oferecem um local para a realização dos serviços.

Em geral, a coleta dos dados é feita nas delegacias e as pessoas são obrigadas a frequentar o local onde também são recebidos presos das ocorrências policiais. É consenso entre as autoridades que, além do desconforto, há o risco de um incidente nestas repartições.

O vice-governador Daniel Pereira representou o governador Confúcio Moura, que precisou mudar a agenda para atender a outro compromisso. Para Daniel, o acordo de cooperação firmado com as prefeituras, que possibilita agilizar a emissão dos documentos, também libera policiais que realizam este tipo de serviço. “Os datiloscopistas, por exemplo, voltarão para o serviço que lhes compete e darão ainda mais qualidade à nossa Polícia Civil”, avaliou.

“É a solução de velhos problemas com iniciativas novas”, disse o vice-governador, destacando que a proposta das parcerias com as prefeituras partiu do diretor do IICC, Júlio Kasper.

Para o prefeito Roni Irmãozinho, a iniciativa é importante para melhorar as condições de vida dos moradores. O município, segundo ele, precisa do suporte do governo. “Sofremos, também, com a falta de energia confiável e regularização fundiária”, disse em tom de lamento.

Os deputados estaduais Léo Moraes e Adelino Follador também foram à cerimônia e prestaram contas das emendas parlamentares destinadas à prefeitura. Por iniciativa deles, Buritis também ganhou uma ambulância. A cidade tem apenas uma e está com problemas mecânicos.

O deputado federal Nilton Capixaba anunciou a liberação de emendas no valor de R$ 25 milhões, para a construção da nova sede do IICC, em Porto Velho.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/inauguracao-de-posto-de-identificacao-em-buritis-extingue-viagens-longas-e-filas-para-emissao-de-documentos)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions