Rondônia, segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Quarta, 03 de Março de 2010 - 17h02

Juiz interdita Casa de Detenção, ameaça esvaziar presídio e lacrar as instalações

Afonso Locks


O juiz corregedor, Renato Bonifácio de Melo Dias acaba de decretar a interdição da Casa de Detenção de Vilhena atendendo um pedido feito pelo Promotor de Justiça, Elicio de Almeida e Silva.Vale ressaltar que em dezembro o magistrado havia declarado que caso não houvesse o início da construção de um novo presídio em Vilhena iria mandar fechar as portas do presídio e os presos poderiam ser colocados em liberdade.

Diante da situação caótica, a juiz corregedor encaminhou ofício à Sejus para saber se havia ou não projeto de construção de um novo presídio e como a resposta foi negativa de que não está previsto para este ano nenhuma obra em Vilhena, o magistrado tomou a medida extrema que muitos temiam.

Na decisão o juiz proibiu a entrada de novos detentos e definiu que dos 320 detentos, o número de presos terá de ser reduzido a 66, capacidade das instalações de 395 metros quadrados, ou seja, hoje existe um preso para cada 1,2 metros de área, enquanto a Lei de Execuções Penais determina um mínimo de 6,0 metros quadrados para cada preso.

Na longa argumentação contida na decisão o magistrado ainda compara a Casa de Detenção de Vilhena como um campo de concentração, um amontoado de seres humanos quem embora criminosos, não podem ser tratados da forma como estão.

O juiz determina ainda que um novo preso só pode dar entrada no presídio de Vilhena depois que três deixarem o local, seja por progressão de pena, ou para outros regimes, dando preferência ainda a presos em flagrante por crimes hediondos e determinou ainda a proibição ao diretor de receber novos detentos se não for cumpridas estas exigências sob pena de responder processo.

Renato determinou ainda que a Sejus proceda a transferência dos presos para outros presídios e proibiu a exoneração ou transferência de qualquer agente penitenciário de Vilhena, bem como dos diretores.
O juiz deu ainda sessenta dias de prazo para licitar um novo presídio em Vilhena e se isso não foi efetivado irá esvaziar e fechar em definitivo a Casa de Detenção.

Matéria completa na edição impressa do Correio de Notícias que circula na sexta-feira, 05.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions