Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

Juíza defende criação de abrigo e volta de programa para jovens

Quarta-feira, 12 Maio de 2010 - 10:06 | TJ-RO


A Juíza da 1ª Vara Cível da Comarca de Cacoal, Euma Mendonça Tourinho, defendeu a instalação de uma Casa abrigo para atender mulheres vítimas de violência e a reativação do Programa "O Caráter Conta" nas escolas da cidade, como forma de prevenção à violência entre crianças e adolescentes.

O Programa "O Caráter Conta" é baseado na experiência norte-americana. Foi implantado no Brasil em 2004, na cidade de Joenvile (SC); 136 escolas e 101.300 alunos já foram contemplados no país. O programa chegou ao estado de Rondônia, na cidade de Cacoal, por intermédio da Juíza Euma Tourinho e com o apoio Prefeitura. O programa serve como eixo norteador dos programas desenvolvidos pelas escolas. Possibilita a construção de uma cultura de paz como projeto de vida, demonstrando sua relevância preventiva aos problemas de violência manifestados dentro das escolas. A extensão do programa para outras escolas municipais é amparada pela Lei nº. 2.237/PMC/2007.

Parceria

O programa viabiliza a formação de novos cidadãos dentro dos seis pilares que compõe o programa o Caráter Conta. A parceria do poderes, executivo e judiciário, contempla as crianças dentro dos princípios da sinceridade, respeito, responsabilidade, senso de justiça, zelo e cidadania, envolvendo as escolas da rede pública municipal.

Casa abrigo

De acordo com a magistrada, após uma reunião com o prefeito Franco Vialetto, vice-prefeita Raquel de Carvalho, secretária de ação social e trabalho, Bela Borghi e o secretário de educação, Olinto Ferreira Júnior, ficou acordado de que o Programa Caráter Conta, criado na Escola Maria do Socorro, como projeto piloto, será estendido às demais escolas municipais. Também foi acertado que será dado início à elaboração de estudos e projetos para implantação da Casa Abrigo de Cacoal.

A ideia de se criar uma casa abrigo surgiu da constatação de que existe um aumento considerável de casos de violência contra as mulheres no município. "Com a criação desse abrigo, as mulheres vítimas de violência doméstica terão um local adequado para suportar os momentos de tristeza e se reerguer para uma vida digna, justa e humana". Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News