Rondônia, 02 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Cidades

Justiça manda prender secretário do Turismo em Chupinguaia por corrupção

Segunda-feira, 02 Maio de 2016 - 19:17 | Da Redacao


A Polícia Civil em Vilhena deflagrou a segunda fase da Operação Metástase, que investiga esquema de corrupção na Prefeitura de Chupinguaia.


Foi decretada a prisão do Secretário Municipal de Turismo Aparecido Alves dos Santos, bem como de Ilson Mendes de Siqueira, ex-servidor da Prefeitura. A Justiça determinou ainda o afastamento do cargo do Procurador Geral do Município, Roberto Ângelo. Os mandados foram expedidos pelo juízo da 1ª vara criminal de Vilhena.

Segundo a Polícia Civil, nas buscas e apreensões realizadas no último dia 20, na sede da Prefeitura da cidade, foram comprovadas fraudes em recursos do Fundo Municipal de Assistência Social, na época em que Aparecido Alves de Siqueira era secretário.


Ao menos R$ 40.500 foram comprovadamente desviados, em um dos esquemas de desvio de verba que consiste a pagamentos de aluguéis fraudulentos de um imóvel onde funciona o conselho tutelar do município.

Provas desapareceram

Ainda de acordo com a Polícia, foi comprovado que os dois processos que comprovariam as irregularidades sumiram da Prefeitura. Um deles da Secretaria Municipal de Assistência Social e outro da Procuradoria do Município, mas os investigadores conseguiram apreender documentos comprovando o pagamento feito a Ilson Mendes de Siqueira e o parecer do Procurador Geral do Município reconhecendo dívida de um imóvel que sequer pertence ao destinatário dos mais de quarenta mil pagos pela Prefeitura.

Ilson Mendes de Siqueira foi preso, bem como foi afastado o Procurador- Geral do Município. Já o Secretário Aparecido Alves dos Santos, segundo apurado, não comparece há dias na Secretaria ou em outros órgãos municipais e está em local incerto.

Aparecido Alves, segundo já apurado, após a busca e apreensão no dia 20, teria chegado a oferecer um cargo na Prefeitura Municipal para Ilson Mendes não relatar o esquema na Delegacia de Polícia Civil.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também