Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

Marinha diz que embarcação que afundou estava 'irregular'

Domingo, 04 Maio de 2008 - 16:41 | G1


Após o naufrágio da embarcação "Comandante Sales", ocorrido no Rio Solimões, perto da cidade de Manacapuru (AM), o Comando do 9º Distrito Naval da Marinha divulgou nota neste domingo (4), informando que a embarcação não "tem inscrição na Capitania dos Portos".

A Marinha do Brasil já confirmou a morte de dez pessoas no naufrágio. De acordo com a nota, as informações iniciais apontam que a embarcação estava se deslocando para Manacapuru após uma festa na localidade de Lago Pesqueiro. As estimativas iniciais dão conta que cerca de 80 pessoas estavam a bordo.

"Naturalmente, esta embarcação não deveria estar em operação na ocasião do acidente, por estar apreendida. Na ocasião, conforme preconiza uma Norma da Autoridade Marítima, o proprietário foi instado a comparecer à Capitania dos Portos em Manaus, a fim de apresentar sua defesa prévia e a documentação necessária para regularizar a situação da referida embarcação, o que não ocorreu até a presente data", diz a nota.

A Marinha do Brasil já confirmou a morte de dez pessoas no naufrágio. De acordo com a nota, as informações iniciais apontam que a embarcação estava se deslocando para Manacapuru após uma festa na localidade de Lago Pesqueiro. As estimativas iniciais dão conta que cerca de 80 pessoas estavam a bordo.

O Comando do 9º Distrito Naval destacou ainda que a Capitania dos Portos enviou uma embarcação para prestar o apoio inicial. O Navio-Patrulha Fluvial “Amapᔠtambém está se deslocando para o local do acidente, devendo chegar até o final da tarde deste domingo. A Marinha também vai deslocar um helicóptero para a região.

Segundo o Corpo de Bombeiros da cidade, algumas conseguiram nadar até a margem do rio, mas não há informações sobre o número total de sobreviventes. Ainda de acordo com os bombeiros, os corpos serão retirados por um barco da corporação, que está sendo levado para o porto da cidade.

Uma equipe de 12 mergulhadores e cerca de 20 bombeiros está no local para tentar localizar os sobreviventes. Ainda segundo a corporação, há outras vítimas sem vida no barco. De acordo com os bombeiros, dois barcos estão sendo usados para evitar que o "Comandante Sales" afunde completamente. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News