Rondônia, domingo, 16 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Sexta, 01 de Junho de 2012 - 08h48

Médicos das UPAs são capacitados em Suporte Avançado de Vida no Trauma

Rebecca Barca


Médicos da rede municipal de Saúde iniciaram na quinta-feira, 31, o curso de Suporte Avançado de Vida no Trauma (ATLS, sigla do inglês / Advanced Trauma Life Support), realizado pela prefeitura de Porto Velho através da secretaria municipal de Saúde (Semusa), que contratou médicos da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado, credenciados pelo Colégio Americano de Cirurgiões, para ministrar o curso.

Serão formados 32 médicos que comporão o corpo clínico das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Presidente Lula, na zona leste e Presidente Dilma, na zona Sul. A capacitação está sendo realizada no centro de Controle de Zoonoses, na zona Leste de Porto Velho. “O município está inovando trazendo, pela segunda vez, uma tecnologia que é realizada em grandes países e vai proporcionar ao paciente, principalmente nos primeiros momentos em que ele corre mais risco de vida, uma segurança maior. A prefeitura de Porto velho está investindo muito em infraestrutura e a exemplo disso, temos as duas UPAs que estão sendo finalizadas, e estamos investindo também no aperfeiçoamento profissional”, explicou o secretário da Semusa, Williames Pimentel.

O curso é feito no modo de imersão (modelo americano de aprendizado), onde em um curto tempo, são passadas muitas informações, só que com um treinamento prático. São dois dias de intensa vivência que acontece nesta sexta-feira, 01, e no final de semana. As aulas teóricas acontecem pela parte da manhã e à tarde os conhecimentos são postos em prática. Uma equipe de seis instrutores, além de enfermeiros técnicos auxiliares e acadêmicos de medicina deram suporte para a realização do curso.

Manoel Jesus Pinheiro, coordenador do curso ATLS disse que com esta capacitação, o atendimento médico em Porto Velho estará equiparado com os de países de primeiro mundo. “O objetivo desse curso é uniformizar o padrão de atendimento para minimizar as lesões por acidentes no intuito que ele sobreviva ao trauma. Então ensinamos aos médicos que estarão sobre estresse e tensão, a ver determinadas situações a fim de minimizar lesões e salvar vidas. O impacto disso na saúde pública é que estando estes médicos treinados, aumenta a sobrevida do paciente que estiver politraumatizado. O tratamento inicial é o que salva vidas. O que a gente busca é melhorar a situação dos pacientes que chegam ao hospital e que tem uma chance de vida”, disse.

Manoel conta que esse curso foi idealizado por um médico ortopedista americano que viu que existia um déficit no atendimento médico, depois que a família dele sofreu um acidente e foi atendida por diferentes hospitais, uns sobreviveram e outros não, devido o atendimento diferente. “Ele viu a importância de uma padronização no atendimento”, acrescentou.

Investimento

A Semusa já realizou anteriormente um treinamento. Esse é o segundo ofertado pela aos profissionais da área. Os primeiros capacitados foram os profissionais que trabalham nas policlínicas Ana Adelaide, Hamilton Gondim, José Adelino, Manoel Amorim de Matos e no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/medicos-das-upas-sao-capacitados-em-suporte-avancado-de-vida-no-trauma)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions