Rondônia, sexta-feira, 3 de abril de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Segunda, 24 de Agosto de 2015 - 15h17

MP pede ajuda ao Governo para ter diagnóstico da área da saúde em Guajará-Mirim

RONDONIAGORA


Uma força-tarefa formada por 11 técnicos da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) começou nesta segunda-feira um minucioso estudo sobre a situação da área da Saúde, no município de Guajará-Mirim, na fronteira com a Bolívia.

Mesmo com a ação do Governo de Rondônia montada no início deste ano para socorrer o o município, Guajará-Mirim voltou a ter graves problemas. À época, do total de 1.040 atendimentos previstos, 883 foram realizados, conforme o secretário estadual e Saúde, Williames Pimentel.

De acordo com o secretário, a meta do Governo de reduzir em 80% a demanda reprimida do município foi alcançada. Além dos atendimentos, seis cirurgias de alta complexidade foram realizadas, 50 ecos-cardiograma, 11 eletrocardiogramas e exames pré-operatórios.

“Os procedimentos fizeram parte da estratégia montada pelo governo de Rondônia para socorrer o setor de saúde do município que entrou, recentemente, em colapso. Dez médicos especialistas, entre cirurgiões, pediatras, ortopedistas, ginecologistas, cardiologistas e dermatologistas atenderam à população durante os três dias de mutirão”, explicou Pimentel.

Segundo ele, a ação conseguiu estabilizar a demanda reprimida identificada pelo setor de estatísticas da Sesau. Ajustes foram feitos para que o Sistema de Regulação Ambulatorial Estadual começasse a operar dentro de uma margem de celeridade aceitável.

CAOS NO SETOR

O estudo, solicitado pelo Ministério Público de Rondônia (MP), tem como objetivo levantar qual a verdadeira situação do setor no município. O diagnóstico feito pelo técnicos da Sesau vai servir como base para definir quais ações devem ser tomadas para que a população tenha acesso aos serviços oferecidos através do SUS.

De acordo com Rosimar Gonçalves Xavier, que coordena a equipe em Guajará-Mirim, o MP pediu, através de documento assinado pelo promotor de Justiça, Samuel Alvarenga Gonçalves, que sejam levantados dados sobre a atenção básica, regulação, média e alta complexidade, informatização de sistema e auditoria de procedimentos.

Na prática, o MP quer saber por que, mesmo com a ação da Sesau no início do ano, a cidade não manteve os serviços funcionando? O promotor vai acompanhar o levantamento in loco. E solicitou, novamente, o apoio do governo de Rondônia. Após o fechamento do diagnóstico, o MP terá embasamento e informações precisas sobre o setor para cobrar das autoridades locais a solução para o problema.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/mp-pede-ajuda-ao-governo-para-ter-diagnostico-da-area-da-saude-em-guajara-mirim)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions