Rondônia, terça-feira, 23 de julho de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Segunda, 10 de Dezembro de 2012 - 09h47

“Os governos protegem pedófilos de elite no Acre”, denuncia ativista

Assem Neto


Uma rede institucional protege os pedófilos de elite no Estado do Acre, denuncia a advogada aposentada e ativista de direitos humanos Joana D'arc Valente Santana.

“Reitero que o Acre é o paraíso da pedofilia. As autoridades ficam discutindo o sexo dos anjinhos em notinhas de egos imorais, mas não fazem nada para desbaratar esta rede de exploração sexual identificada há 14 anos. Há uma década e meia convivemos com um desgoverno vermelho omisso e prevaricantemente permissivo de impunidades”, disse.

Operação abafa

D’arc ataca, aliás, o relatório “bizarro desmoralizado” produzido na CPI da Pedofilia da Assembleia Legislativa do Acre em 2009, na gestão do então deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), e lembra o desempenho do “presidente medieval” (da CPI) Luís Tchê, que, de acordo com a advogada, na condição de governista aliado ao Partido dos Trabalhadores, declarou à época estar sendo pressionado pela mesa diretora da Aleac para não investigar os crimes contra menores no Acre.

Em seu depoimento na CPI, a advogada apontou dois pastores evangélicos que, segundo ela, utilizam a internet para assediar menininhas. Juiz, promotor, agiota, empresário, escritor, sindicalista, capitão da Polícia Militar e o chefe de um órgão federal também foram citados por ela. No entanto, as investigações não prosseguiram. O então líder do governo na Aleac, deputado comunista Moisés Diniz, se disse espantado e considerou "infames" as revelações da advogada.

Confira a íntegra da entrevista:
 
No Acre, os pedófilos de hoje são os mesmos de ontem?

Joana D'arc - Sim. Igualmente Sim. Atualmente muitíssimo mais empoderados e fortalecidos pela rede de proteção institucional que lhes dá a certeza da impunidade.


O que a senhora lembra do seu depoimento à CPI do Acre?

Joana D’arc - Foi em 12 de agosto de 2099. Respondi a tudo que me perguntaram os parlamentares da CPI, composta por um presidente medieval e um relator bizarro desmoralizado (referindo-se ao deputado Donald Fernandes). Eu fui decidida a provar o atrelamento imoral dos representantes dos poderes constituídos, pois recebi da família da eterna Dra. Maria Tapajós o relatório da CPI do Senado. Quando da prisão do Poeta Antônio Manoel, ficou um alista de 100 pedófilos já identificados. Alguma providência deveria ser tomada, mas nada foi feito para combater a pedofilia no Acre. Todas as instituições emudeceram.
 
Quanto à mesa-diretora da Aleac...


Joana D'arc - Pressionado pelo clamor publico o presidente da frustrada e incompetente CPI admitiu publicamente que a mesa diretora da Aleac o pressionou para não apurar as denuncias.
 
Até hoje prevalece a versão de que a senhora não apresentou provas..

Joana D'arc - Eu já ganhei minha aposentadoria antecipada. Produzem provas a meu favor todos os dias. Quando eu começar a pleitear as meus direitos vai faltar zeros pra fazer meus cálculos. Que trabalhem bastante, pois é a minha poupança que irei buscar em Ações de indenizações. Eu sempre tive todas as provas e, da mesma maneira que falei lá na Aleac, reitero aqui que eu não trabalho para deputados. Eu faço meu trabalho honorífico e Humanitário. Quem quiser fazer suas CPI'S que saiba reunir instituições sérias investigativas na esfera federal. A resposta à sociedade cabe ao Luiz Tchê , Donald Fernandes e Edivaldo Magalhães, juntamente com todos os componentes da mesa diretora.
 
O que mais tem a dizer?

Joana D´arc - Eu ouvi os piores informes das imposturas dos medievais e ímprobos parlamentares liderados pelo tchê. Hoje a sociedade sabe que fizeram uma CPI supondo me intimidar e me calar. Os cidadãos eleitores puniram os incautos com a perda de mandato e carimbados a nunca mais negociar a dignidade humana numa CPI balcão de negócios e chantagens por cargos, honras, pompas e circunstancias no governo”.
 
Que avaliação a Sra.faz da Operação Delivery ?

Joana D´arc – Até a presente data a operação Delivery é um jogo de cena desmoralizante. É prova cabal de tudo que falei acima.
 
Por que só prenderam dois até agora?

Joana D'arc –
Isso é estranho. Como é estranho o fato de não ter havido flagrante. Quero acreditar que novas prisões serão realizadas em breve.
 
Quanto à OAB..

Joana D´arc –
Patético o presidente da OAB- AC, Florindo Poerch. Ele terá de dar explicações à sociedade pela exagerada  simpatia em encobrir apurações de interesse social.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/os-governos-protegem-pedofilos-de-elite-no-acre-denuncia-ativista)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions