Rondônia, sábado, 24 de agosto de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Sexta, 28 de Outubro de 2016 - 13h07

Passageiros reclamam de valor abusivo cobrado por mototaxistas de Porto Velho

Da redação


Passageiros reclamam de valor abusivo cobrado por mototaxistas de Porto Velho
Muitos pessoas que utilizam o serviço de mototáxis como transporte em Porto Velho têm reclamado de valores abusivos cobrados pelos profissionais da capital de Rondônia. Regulamentado em janeiro de 2010, é fácil encontrar, segundo os próprios mototaxistas, pessoas que atuam na ilegalidade, os famosos piratas.A dona de casa Ana Paula, de 27 anos, conta que costuma utilizar o serviço sempre e já tem noção dos valores cobrados atualmente. “Eu chamei um mototáxi em uma época de final de ano e ele queria me cobrar um valor que não correspondia à corrida. Já cansei de pagar um valor acessível para o mesmo lugar e nesse dia ele quis me enganar alegando que era época de final de ano. É claro que eu não paguei. Nem todos trabalham dessa forma, mas sempre têm esses que querem enganar a gente”, diz Ana Paula.

A mesma situação já viveu Denilson Nunes Lacerda, de 23 anos. “Eu queria ir para um lugar que era praticamente na outra esquina de onde eu estava, e como ele sabia que eu não era daqui, deu uma volta por outros quarteirões e me cobrou R$ 12,00. Eu acho isso uma falta de respeito”, afirma.

Em 2015, a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran) regulamentou a tabela de preço que deveriam ser cobrados pelos profissionais e sugeriu que os passageiros verificassem a quilometragem percorrida no velocímetro da motocicleta. Com a tabela, os valores passaram a ser indicados conforme a quilometragem e bandeira. A bandeirada têm o custo de R$ 3,00. O quilômetro rodado na bandeira 1, é de R$ 0.80 e na bandeira 2, de R$ 1,00. As bandeiras são definidas dependendo do horário, sendo bandeira 2 das 20 horas às 6 horas nos dias úteis e aos sábados, domingos e feriados no período integral.

“Toda categoria tem aquelas pessoas que cobram esses valores abusivos. A maioria trabalha normal, com serviço de qualidade, mas sempre tem esses engraçadinhos que querem abusar na cobrança dos valores”, diz o mototaxista Adinaldo Ferreira, de 29 anos.

Pedro Geraldo trabalha como mototaxista há mais de sete anos e conta que já presenciou colegas de trabalho sendo multados por cobrar valor que não corresponde à tabela dos mototaxistas. “As denúncias têm surtido efeito e aqueles que não trabalham dentro da lei têm que ser multados mesmo”, acredita o mototaxista.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Mototaxista do Estado de Rondônia (Sindmoto), Júlio Ribeiro, o sindicato recebe várias denúncias sobre esse tipo de cobrança. “A gente pede que os passageiros denunciem esse tipo de cobrança abusiva. Nós sabemos que a maioria dos mototaxistas trabalha honestamente e cobra o valor de acordo com a tabela, mas sempre tem aqueles que querem fazer esse tipo de cobrança, e acaba prejudicando nossa categoria, mas nós estamos trabalhando para combater isso”, garante o presidente.

Segundo a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran) os profissionais que forem denunciados por cobrança fora da taxa podem receber uma multa por cobrança indevida. “Nós estamos atuando para que esse tipo de prática não aconteça. E aquele mototaxista que fizer esse tipo de cobrança irregular, que não está dentro da tabela, pode receber uma multa de R$ 98,00. Aqueles clientes que se sentirem lesados pelos mototaxistas podem denunciar imediatamente”, confirma o diretor de transporte da Semtran, Thiago Machado.

O consumidor que se sentir lesado de alguma forma, a Semtran disponibiliza ainda o telefone 0800-647 5100 para apresentação de denúncias. Neste caso o indicado é que seja anotado o número do registro de Autorização Municipal de Moto (AMM) para que o fato seja apurado pela secretaria que aplicará uma punição conforme a gravidade.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/passageiros-reclamam-de-valor-abusivo-cobrado-por-mototaxistas-de-porto-velho)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions