Rondoniagora.com

Rondônia, 06 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

PF prende nove policiais por crime ambiental em Mato Grosso

Terça-feira, 29 Abril de 2008 - 12:34 | TERRA


A Polícia Federal em Mato Grosso prendeu nove policiais rodoviários federais e um ex-policial por suspeita de facilitar o transporte ilegal de cargas de madeira no Estado. A PF cumpre 67 mandados de prisão e 58 de busca e apreensão em 14 municípios para combater o crime ambiental. Segundo as investigações da Operação Termes, 29 funcionários públicos estaduais e federais estariam envolvidos no esquema.

O suposto esquema foi descoberto após a Operação Arco de Fogo, feita em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), que aconteceu no Pará, em Rondônia e no Mato Grosso. O objetivo da operação era reprimir crimes ambientais na floresta amazônica.

Segundo Polícia Federal, a madeira era comercializada com notas fiscais irregulares. Quando a carga era detida, uma advogada que também foi presa intermediaria a liberação do material.

O suposto esquema foi descoberto após a Operação Arco de Fogo, feita em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), que aconteceu no Pará, em Rondônia e no Mato Grosso. O objetivo da operação era reprimir crimes ambientais na floresta amazônica.

Duzentos e cinqüenta policiais federais e 20 agentes da Força Nacional participam da operação nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, São Félix do Araguaia, Comodoro, Cáceres, Porto Esperidião, Sinop, Colíder, Porto dos Gaúchos, Marcelândia, Cláudia, Alta Floresta, Paranaíta e Aripuanã.

Os presos estão sendo encaminhados para a Superintendência da PF em Cuiabá. Segundo a PRF, será instaurado um processo administrativo para investigar os policiais acusados. Se for comprovada culpa, eles podem ser demitidos.

Os demais acusados respoderão por formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva e crimes ambientais, entre outros. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News