Rondônia, sábado, 24 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Sexta, 14 de Maio de 2010 - 14h42

Produção de Inhame aquece mercado em Alvorada do Oeste

Wania Ressutti


Rondônia tem se destacado, no mercado internacional, como um dos principais produtores de inhame. Produzidos na região de São Francisco do Guaporé e Alvorada do Oeste o produto está sendo vendido para o nordeste e exportado para vários países. A demanda levou agricultores a investir mais na produção e já gerou um incremento na economia local, na ordem de 700 mil reais.

A produção de inhame na região de Alvorada do Oeste cresceu assustadoramente em menos de um ano. Com uma produção restrita a oito alqueires de terra plantada em 2009, hoje 50 alqueires são dedicados a produção dessa cultura.

Segundo Antonio De Assis, gerente da Emater local, “O que motivou o aumento de produção foi a demanda do mercado e o histórico de São Francisco que há dez anos, cultiva inhame”.

A produção, tanto de Alvorada do Oeste, como de São Francisco do Guaporé está sendo totalmente absorvida pelo nordeste, mais especificamente para a região de Sergipe, de onde é exportada para outros países, a exemplo da Holanda. “Para este ano, somente em Alvorada do Oeste, prevê-se uma produção de 1.200 toneladas, que já começa a ser colhida agora no início de junho , salienta De Assis. A arroba de inhame está sendo vendida a 20 reais a arroba (15 quilos), um preço justo, considerando-se o uso de todas as pratica corretas. Esse valor dá um lucro de aproximadamente de seis a sete mil reais ao agricultor por hectare, ressalta De Assis. O gerente conta ainda que, devido a grande demanda apresentada no mercado, já existe comprador do nordeste instalado na região, somente para adquirir o produto.

Além de aquecer a economia local, que este ano teve um incremento em torno de 700 mil reais aproximadamente, a produção de inhame em Alvorada do Oeste tem aberto os olhos de agricultores de outros estados. Recentemente, cinco agricultores de Rio Branco, capital do Acre, deslocaram-se até o município para visitar as lavouras, comprar sementes e promover o intercambio com os agricultores locais. “O primeiro contato foi entre os próprios agricultores. Um dos acreanos tem parentes em Rondônia e articulou o encontro”, conta De Assis. Desse contato surgiu uma perspectiva de a Emater esboçar um plano de capacitação para ser levado aos agricultores do Acre.

Outro resultado dessa nova alternativa está na melhoria de renda para o agricultor familiar e no número de agricultores que estão investindo em suas áreas. Com a perspectiva de mercado aberto para consumo do inhame, os agricultores estão mecanizando suas áreas. “Já são seis o número de tratores adquiridos através do Pronaf Mais Alimento – um financiamento incentivado pelo Governo Federal, com o intuito de estimular o crescimento da agricultura familiar no País. Esse financiamento permite que o agricultor possa financiar até o limite de100 mil reais, a juros de dois por cento ao ano e com prazo de carência de três anos e 10 para pagar. “Esses tratores são específicos para atender a agricultura familiar, e este ultimo vai atender uma família com mais de 10 pessoas, onde todas trabalham com a cultura do inhame”, conclui o gerente da Emater.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions