Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

Projeto de Vilhena entra na pauta do Fórum Mundial Social

Segunda-feira, 03 Março de 2008 - 11:30 | Assessoria


Projeto de Vilhena entra na pauta do Fórum Mundial Social
O Projeto Etanol Social da Prefeitura de Vilhena para a implantação de uma usina de etanol - a partir da batata doce - acaba de ser inserido na pauta do Fórum Mundial Social que será realizado em janeiro de 2009, em Belém do Pará, com a participação de mais de 50 países.
A notícia foi dada ao prefeito Marlon Donadon durante encontro, nesta semana, em Brasília, pelo organizador do evento no Brasil, o secretário-geral da Defensoria da Água, Leonardo Aguiar Morelli, tido como uma das maiores autoridades no mundo na defesa de projetos que visam a preservação social e do meio ambiente.
Vilhena entrou para o evento mundial em razão de encabeçar o projeto para a produção do etanol, utilizando como matéria-prima a batata-doce que prioriza o desenvolvimento da produção em pequenas propriedades rurais, de modo a gerar riqueza, por meio da agricultura familiar. A batata-doce é 100 % aproveitada e não polui o meio ambiente.
Com a iniciativa do prefeito Marlon, o projeto trará benefícios à aproximadamente, 360 famílias de produtores rurais vilhenenses, além de ampliar novas oportunidades também ao setor industrial.
“Fiquei honrado ao ver o reconhecimento do projeto a nível mundial. É uma proposta nova para o setor rural de Vilhena que já nasce premiado, tendo em vista sua envergadura social e tamanha viabilidade econômica, que irá gerar empregos e renda à população. O projeto manterá os olhos do mundo inteiro voltados para todas as potencialidades do nosso Município”, salientou Marlon.
Potencial e benefícios – O prefeito expôs as perspectivas de Vilhena como Zona de Processamento de Exportação (ZPE), a Ferrovia Leste-Oeste, a construção da Base Aérea, além da responsabilidade que o Município carrega do honroso título de Portal da Amazônia, o que reforça e destaca ainda mais Vilhena como rota do progresso na Amazônia de forma sustentável. Outro ponto destacado foi que a participação de Vilhena no evento atrairá ainda mais investimentos ao município por parte de organismos internacionais a fundo perdido.
Viabilidade - As pesquisas revelam que a cultura da batata-doce se encaixa perfeitamente à realidade do município de Vilhena, que possui mais de quatro mil pequenas propriedades rurais com extensão de um a quatro hectares e outras centenas com média de 20 hectares. Enquanto que a cana-de-açúcar torna-se inviável, já que necessita de grandes áreas para o desenvolvimento da cultura e concentra a riqueza nas mãos de poucos proprietários. Outra vantagem da batata-doce é que ela possui maior teor alcoólico que a cana-de-açúcar, que contém um resíduo poluente em potencial se não for corretamente utilizado na adubação.
Estudos - A autora e gestora do Projeto Etanol Social para Vilhena, Silvana Gonçalves, já esteve no município pela segunda vez para acompanhar a evolução dos estudos e do local onde a usina será instalada. O financiamento para a destilaria é do governo federal através do Ministério do Desenvolvimento Agrário, e Vilhena será pioneira no Brasil com a implantação da destilaria de etanol proveniente da hortaliça. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News