Rondônia, quarta-feira, 24 de janeiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Terça, 23 de Fevereiro de 2010 - 10h48

ProJovem deve atender mais de mil adolescentes em Porto Velho

Joel Elias


Trezentos e cinquenta jovens da capital já participam do ProJovem Adolescente, um serviço socioeducativo destinado a jovens de 15 a 17 anos selecionados dentre as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família ou que estejam em situação de risco social, independentemente de renda. Idealizado pelo Governo Federal e executado pela Prefeitura de Porto Velho, o programa é um serviço continuado de Proteção Básica de Assistência Social que, até o meio do ano, deve atender 1.050 jovens do município. Essa é a meta estabelecida pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) para este ano. “Temos grandes perspectivas de atingir esse objetivo. Para isso trabalhamos com cinco Centros de Referências em Assistência Social, localizados em pontos estratégicos da cidade”, explicou a secretária municipal de Assistência Social, Benedita Nascimento.Centros

As zonas norte e oeste são atendidas pelo Centro Elizabeth Paranhos, que tem em sua abrangência 17 bairros da capital. Na zona sul, funciona o Centro Dona Cotinha que atende famílias de 22 bairros. Na zona leste foram instalados três centros: o Irmã Dorothy, responsável pelo atendimento de 12 bairros; o Betinho (nove bairros) e o Paulo Freire (124 bairros). Segundo a secretária, as famílias beneficiárias do Bolsa Família com adolescentes inscritos no ProJovem Adolescente têm direito a um complemento na renda que varia de R$ 30 a R$ 35 por inscrito.

Nos centros são ministrados treinamentos, oficinas e atividades socioculturais como hip-hop, rock, samba, dança, música, esporte, lazer, teatro, cinema e orientações sobre cidadania. “O grande diferencial desse segmento do programa é que, ao contrário do ProJovem Nacional, ele não trabalha só a educação, e sim, orienta esses jovens para as práticas da boa convivência em família e na sociedade, além de prepará-lo para o mercado de trabalho”, disse.

As atividades são desenvolvidas nos turnos da manhã e tarde e o segmento é um dos quatro eixos do Programa Nacional de Inclusão de Jovens, o ProJovem Nacional, lançado em setembro de 2007 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As demais modalidades são o ProJovem Urbano, o ProJovem Campo e o ProJovem Trabalhador.

Primeira turma

Por ser um programa de transferência de renda, Benedita Nascimento enfatizou que por meio dele, a prefeitura de Porto Velho busca fortalecer a família, os vínculos familiares e sociais. Daí a importância de garantir a qualidade do serviço e assegurar as condições adequadas para sua implantação.

“É importante esclarecer que todas essas atividades devem ser ofertadas no território de abrangência dos centros. O trabalho com famílias dos jovens será de responsabilidade dos técnicos dos centros de referências, assim como o acompanhamento de famílias em descumprimento das condicionalidades do Programa Bolsa Família”, afirmou.

De acordo com o cronograma da Secretaria Municipal de Assistência Social, a primeira turma do ProJovem Adolescente, em Porto Velho, deve ser formada em dezembro quando da conclusão dos cursos e treinamentos que são ministrados em dois ciclos. O primeiro é voltado às ações administrativas e o segundo a formação escolar e preparação profissional. As atividades retornam esta semana.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions