Rondônia, 28 de Novembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Cidades

Sintero emite nota de repúdio contra prefeito

Sexta-feira, 01 Abril de 2016 - 14:45 | Da Redacao


O descaso da Prefeitura de Guajará-Mirim com o funcionalismo público foi motivo de nota emitida nesta sexta-feira pela direção do Sintero. Confira:

NOTA DE REPÚDIO

Dos trabalhadores em educação de Porto Velho

AO PREFEITO DE GUAJARÁ-MIRIM, SR. DÚLCIO DA SILVA MENDES

Os trabalhadores em educação de Porto Velho repudiam de forma veemente a atitude e a postura do prefeito de Guajará-Mirim, Dúlcio da Silva Mendes, que, de forma irresponsável, vem tratando com descaso o ensino público naquele Município.

Os trabalhadores em educação municipais de Guajará-Mirim permaneceram em greve por mais de dois meses, em uma difícil luta contra a redução de salários, o corte de gratificações e contra o atraso de salários.

Em vez de dialogar com a categoria e buscar a solução adequada para a crise na Secretaria Municipal de Educação, criada pela própria administração municipal, o prefeito se limitou a editar um Decreto mandando suspender a implantação do Piso Salarial Nacional e a enviar à Câmara Municipal um Projeto de Lei que permite o corte de gratificações.

Enquanto isso os profissionais da educação trabalham em ambientes inadequados, escolas sem condições de funcionamento, e convivem com a incerteza do recebimento dos salários no final do mês, além de correrem o risco de ter o salário reduzido.

Diante da gravidade da situação instalada na administração municipal de Guajará-Mirim, os trabalhadores em educação pedem o apoio da comunidade guajaramirense e da sociedade rondoniense para não permitir a falência total do ensino público naquele município.

Esta nota de repúdio foi aprovada por unanimidade em assembleia dos trabalhadores em educação.

Porto Velho/RO, 31 de março de 2016

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também