Rondônia, terça-feira, 28 de janeiro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Segunda, 30 de Dezembro de 2019 - 16h44

Tragédia: carreta estava acima da velocidade e invadiu pista do ônibus, diz PRF

da Folha do Sul On Line


Tragédia: carreta estava acima da velocidade e invadiu pista do ônibus, diz PRF

Nesta segunda-feira (30), o inspetor da Polícia Rodoviária Federal em Vilhena, João Paulo Monteiro Lobato, e o responsável pelo Núcleo de Comunicação da Corporação na cidade, Vagner Borges deram detalhes do acidente envolvendo um ônibus e uma carreta, que deixou seis mortos. A colisão frontal aconteceu na noite de sábado, 28, no trecho da BR 364, entre Vilhena e Pimenta Bueno. Além dos mortos, vários feridos foram resgatados.

De acordo com os agentes, o ônibus da empresa Bruna Turismo, com sede em Comodoro (MT) e a serviço da Transbrasil, tinha toda a documentação regular e o motorista estava habilitado para conduzi-lo. O empresário Luiz Carlos Amaro, um dos mortos no acidente, era dono da empresa terceirizada.

O tacógrafo do ônibus parou de funcionar minutos antes da fatalidade, em virtude de um problema na agulha, portanto, não foi possível saber a velocidade no momento do impacto e nem a quanto tempo ele estava rodando.

Mas, para os policiais, o defeito no equipamento não foi determinante no acidente, já que o ônibus foi atingido em sua mão de direção pela carreta.

Já no veículo de carga, cujo tacógrafo estava intacto, foram constatadas algumas irregularidades. A primeira delas diz respeito à velocidade: o caminhão estava a 120 km por hora, quando naquele trecho, a velocidade máxima permitida é de 100 km/h.

Além disso, havia excesso de passageiros na cabine: o modelo acidentado poderia levar apenas dois, e havia 5 a bordo, dois adultos e três crianças. A mais nova, de dois anos, morreu na hora, junto com os pais. O caminhoneiro Sérgio Jesus Pereira era habilitado com CNH D, mas para dirigir uma carreta 9 eixos, a categoria deveria ser a E.

As causas

Embora os laudos periciais ainda não tenham sido concluídos, a PRF avalia que o motorista da carreta tenha sido o responsável pelo acidente. A corporação diz que chovia forte e havia neblina na pista naquele momento.

Existem depoimentos de testemunhas apontando que um carro à frente do caminhão teria levado o motorista a tentar frear, o que acabou fazendo com que ele rodasse na pista e fosse atingido pelo ônibus, mas isso ainda está sendo investigado.

Também será apurado o que teria feito o caminhoneiro ter, aparentemente, perdido o controle da direção.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/tragedia-carreta-estava-acima-da-velocidade-e-invadiu-pista-do-onibus-diz-prf)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions