Rondoniagora.com

Rondônia, 18 de Agosto de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

Vacinação contra febre aftosa na Bolívia é discutida em reunião binacional

Quarta-feira, 20 Novembro de 2013 - 14:24 | RONDONIAGORA


Na última semana, representantes da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) e do Servicio Nacional de SanidadAgropecuaria e Iconuidad Alimentaria (Senasag) se reuniram em Guayaramerín para discutirem sobre o 26º Ciclo de Vacinação contra Febre Aftosa na Bolívia. Desde 2006, a Idaron é parceira do país vizinho para a vacinação de bovinos e bubalinos nas propriedades localizadas até 50 quilômetros da fronteira.
A decisão foi tomada em conjunto para que comunidades carentes e com dificuldades para comprar vacina ou transporte sejam beneficiadas mesmo que estejam fora da faixa de 50 quilômetros pré-determinada. “O termo de parceria está sendo ajustado para atender os produtores bolivianos que mais precisam”, fala o gerente de Defesa Animal, Fabiano Alexandre dos Santos.

A decisão foi tomada em conjunto para que comunidades carentes e com dificuldades para comprar vacina ou transporte sejam beneficiadas mesmo que estejam fora da faixa de 50 quilômetros pré-determinada. “O termo de parceria está sendo ajustado para atender os produtores bolivianos que mais precisam”, fala o gerente de Defesa Animal, Fabiano Alexandre dos Santos.

O gerente também fala que hoje a Idaron conhece a área de fronteira muito bem e que os pecuaristas bolivianos aguardam a presença da Agência duas vezes por ano, quando são realizados os Ciclos de Vacinação. “Os proprietários rurais da fronteira estão mais conscientes graças ao trabalho realizado pela Idaron”.

“Nós queremos que, assim como Rondônia, a Bolívia fique livre da febre aftosa. É assim que o governador quer que nós trabalhemos: em parceria”, fala o presidente da Idaron, Marcelo Henrique Borges.

As vacinações na Bolívia começarão dia primeiro de dezembro.

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News