Rondônia, quinta-feira, 21 de novembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Concursos e Empregos

Publicado em Quarta, 27 de Junho de 2018 - 16h08

Você passaria no difícil teste físico da Polícia Federal? São 4 provas

da Exame


Você passaria no difícil teste físico da Polícia Federal? São 4 provasPF em operação em Porto Velho(Foto: Francisco Abreu/Rondoniagora)

Estão abertas as inscrições para o concurso público mais esperado do ano. A Polícia Federal está recrutando 500 novos servidores para os cargos de agente, papiloscopista, escrivão, perito e delegado. Os salários variam entre 11.983,26 reais para agente, escrivão e papiloscopista e de 22.672,48 reais para perito criminal e delegado.

Com vagas, preferencialmente, para os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em unidades de fronteira, o concurso tem uma das provas físicas mais exigentes das carreiras policiais.

A aptidão física verificada por meio de prova de capacidade é uma determinação exposta no Decreto-lei 2.230 de janeiro de 1987, que trata do ingresso nas carreiras policiais.

Você passaria no difícil teste físico da Polícia Federal? São 4 provas

No caso da Polícia Federal, o exame de aptidão física tem quatro testes obrigatórios e eliminatórios. É aplicado por uma banca examinadora composta por profissionais registrados no Conselho Regional de Educação Física (CREF), com habilitação plena em Educação Física e pode ser acompanhada por um representante do Serviço de Educação Física da Coordenação de Ensino da Academia Nacional de Polícia.

Confira quais são as quatro provas e veja se você tem fôlego para garantir pontuação e não ser eliminado:

Teste em barra física para os homens:

O candidato precisa se dependurar na barra fixa com duas polegadas de diâmetro. O jeito que ele pega na barra é livre (pronação ou supinação). Primeiro ele fica de cotovelo estendido, e pode ter ajuda para ficar nessa posição, mantendo o corpo na vertical sem encostar nem no chão nem na barra de sustentação lateral.

Quando ouve o comando iniciar, o candidato precisa flexionar os dois cotovelos ao mesmo tempo até que o seu queixo ultrapasse a parte superior da barra. Em seguida volta à posição inicial. No edital há os requisitos para que a execução do movimento seja considerada correta.

O candidato tem duas tentativas, com intervalo mínimo de cinco minutos entre uma e outra. A melhor tentativa é a que será considerada para a prova. Confira a tabela de pontuação:

Teste em barra física para as mulheres:
A candidata precisa de dependurar na barra na barra fixa com duas polegadas de diâmetro, também com pegada livre em pronação ou supinação, mantendo os braços flexionados e o queixo acima da parte superior da barra, sem que nela se apoie. É possível usar um suporte ou uma plataforma para atingir essa posição.

Ao escutar o comando iniciar, a candidata, pendurada apenas pelas mãos terá que permanecer na posição com braços flexionados e queixo acima da parte superior da barra. O tempo que ela conseguir permanecer será cronometrado. Assim que ela descontinuar a posição, o tempo cessa.

Ela também terá duas tentativas, com intervalo mínimo de cinco minutos entre elas. A melhor marca será considerada. Confira a tabela de pontuação:

Você passaria no difícil teste físico da Polícia Federal? São 4 provas

Teste Impulsão horizontal
Quando ouvir o comando “em posição”, o candidato (a) fica atrás da linha de medição, pé, parado com os pés paralelos sem tocar a linha. Quando ouvir o comando iniciar, vai saltar à frente com movimento simultâneo dos pés.

A distância é contada a partir da linha de medição inicial até a marca no solo, de qualquer parte do corpo do candidato (a) que esteja mais próxima da linha de medição inicial. Na aterrissagem com os pés, o calcanhar do pé que estiver mais próximo da linha de saída será a referência, segundo o edital. Veja a tabela de pontuação:

Você passaria no difícil teste físico da Polícia Federal? São 4 provas

Teste de Natação
A prova de natação é de 50 metros feita em uma piscina de 25 metros. Ao ouvir o comando “em posição”, o candidato (a) fica em pé na borda da piscina. Quando ouvir o sinal sonoro, salta na piscina e nada 50 metros em nado livre. Na virada da piscina pode tocar a borda da piscina para pegar impulso na parede. A chegada é marcada pelo toque de qualquer parte do corpo na borda da piscina. Os candidatos (as) tem direito a duas tentativas. Com intervalo de cinco minutos. Veja a tabela de pontuação:

Você passaria no difícil teste físico da Polícia Federal? São 4 provas

Teste de corrida
Os candidatos (as) precisam correr durante 12 minutos e tentar percorrer a maior distância possível, em pista com condições apropriadas para corrida e marcação escalonada a cada 10 metros.
O deslocamento pode ser feito em qualquer ritmo. É possível, por exemplo, parar, andar, prosseguir correndo. A banca examinadora que vai indicar por meio sinal sonoro o início e o término da prova. Cada candidato (a) tem apenas uma tentativa. O edital traz todas as regras do regulamento da prova. Confira a tabela de pontuação:

Você passaria no difícil teste físico da Polícia Federal? São 4 provas

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/concursos-e-empregos/voce-passaria-no-dificil-teste-fisico-da-policia-federal-sao-4-provas)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions