Rondônia, sábado, 7 de dezembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Eleições

Publicado em Terça, 04 de Setembro de 2012 - 14h42

Desenvolvimento: José Augusto quer cidade preparada para crescer

Assessoria de campanha


- Não basta buscar o desenvolvimento. É preciso preparar a cidade para recebê-lo, sob pena de assistirmos à repetição do que vemos hoje com as usinas, nas quais os melhores postos de trabalho são destinados invariavelmente a pessoas de fora, pela falta de capacitação de nossos trabalhadores. Os administradores públicos têm o dever de investir pesadamente em qualificação profissional, na formação de técnicos capacitados.

A declaração é do candidato do PMDB à Prefeitura de Porto Velho, médico José Augusto, para quem “nós já perdemos uma vez, com as obras das hidrelétricas, a oportunidade histórica de oferecer à população condições de se beneficiar dos grandes investimentos aqui realizados. Temos uma segunda chance agora, com a possibilidade de eleger um prefeito alinhado com o governador Confúcio Moura, com o senador Valdir Raupp, presidente nacional do PMDB, com o vice-presidente da República. Miguel Temer e com força das poderosas bancadas do PMDB na Câmara e no Senado. Não podemos perder novamente”.

José Augusto afirmou que nada justifica a dramaticidade que se tem dado ao fim das obras das usinas. O verdadeiro pavor pela iminência de uma catástrofe na economia do estado. E considerou absolutamente injustificada tal preocupação, alinhavando vários pontos de seu plano de governo capazes de alavancar nossa economia, gerar mais empregos e renda. “E, sobretudo, qualificar a mão de obra local para a ocupação dessas vagas. Temos que fazer com que os benefícios do desenvolvimento possam chegar à mesa de cada família” – disse.

Dentre as inovações a serem implantadas pela nova administração peemedebista da Prefeitura de Porto Velho, além de um intenso programa de capacitação profissional, está a instalação de um laticínio para fazer com que a cidade deixe de importar leite e derivados para passar à condição de exportadora desses produtos. “Vamos implantar uma central de abastecimento para concentrar em um só local nossa produção. E criar na cidade um porto seco para explorar adequadamente nossas vantagens na logística de transportes”.

Porto seco ou Estação Aduaneira Interior é um terminal intermodal terrestre diretamente ligado por estradas, via aérea ou hidrovias. É um depósito alfandegado localizado fora do porto organizado, que recebe as cargas ainda consolidadas, podendo nacionalizá-las de imediato ou trabalhar como entreposto aduaneiro. Dessa forma, o Porto Seco armazena a mercadoria do importador ou exportador pelo período que este desejar, em regime de suspensão de impostos, podendo fazer a nacionalização fracionada.

Com o uso dos portos secos, as mercadorias exportadas já chegam aos portos marítimos prontas para o embarque, enquanto que no caso das importações pode-se tirar as mercadorias dos portos marítimos mais cedo, onde a armazenagem custa substancialmente mais caro. “A localização geográfica de Porto Velho, no coração da América Latina, vai favorecer em muito as atividades do porto seco, com forte impulso na economia e geração de milhares de empregos, já que muitas empresas virão se instalar aqui para poderem se beneficiar dessas vantagens” – explicou José Augusto.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/eleicoes/desenvolvimento-jose-augusto-quer-cidade-preparada-para-crescer)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions