Rondônia, sábado, 14 de dezembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Eleições

Publicado em Sexta, 27 de Agosto de 2010 - 09h22

Raupp relata na TV projetos que viraram realidade e porque quer novo mandato

Assessoria


Industrialização, eixos de integração rodoviário e ferroviário, geração de emprego e renda e grandes temas nacionais e internacionais foram alguns dos assuntos abordados pelo senador e candidato à reeleição, Valdir Raupp (PMDB), da coligação “Aliança por uma Rondônia melhor para todos” (PMDB, PDT, PMDB, DEM e PRTB), durante entrevista concedida nesta quinta-feira (26), à TV Rondônia, em Porto Velho. “Nesses sete anos e meio de Senado, apresentei muitos projetos que melhoraram a qualidade de vida da população de Rondônia, razão pela qual postulo um novo mandato”, começou.

Valdir Raupp foi um dos convidados para uma série de entrevistas com candidatos ao Senado promovido pela afiliada da “Rede Globo” em Rondônia. Na ocasião, ele mostrou ao eleitorado toda a maturidade e experiência de quem já está há mais de 30 anos na vida pública, tendo passado pelos mais variados cargos eletivos – de vereador a senador da República, passando por uma prefeitura e pelo governo do Estado.

Valdir Raupp falou sobre as dezenas de projetos que apresentou ao Senado, dentre eles o desmatamento zero e suas compensações para liberar áreas consolidadas para a agricultura e, ao mesmo tempo reflorestar margens de rios e nascentes para proteger as águas do Estado, “dando maior segurança jurídica à nossa comunidade rural”.

OPÇÃO PÓS-USINAS

O senador falou também do projeto que apresentou, defendeu e fez aprovar no Congresso criando quatro ZPE’s – Zonas de Processamento de Exportação – no Estado (Porto Velho, Guajará Mirim, Ji-Paraná e Vilhena). “Acredito que a primeira a ser efetivamente implantada será a de Porto Velho”, acrescentou.

De acordo com o senador, a importância de consolidar a ZPE de Porto Velho diz respeito ao período “pós-usinas”. “Quando terminarem essas obras, temos de ter um pólo industrial para absorver a mão-de-obra proveniente das usinas. Serão algo entre 30 e 40 mil desempregados. Estou preocupado com isso. Por isso apresentei e fiz aprovar o projeto de criação das ZPE’s no Estado. Acredito que um pólo industrial com 40 ou 50 indústrias de grande porte poderá acomodar todos esses trabalhadores”.

Raupp disse, na entrevista, que ao ser reeleito, voltará a bater na tecla da construção do gasoduto Urucu-Porto Velho. “Vou levantar essa bandeira. A Dilma Rousseff assumiu esse compromisso comigo e o presidente Lula pediu para esperar a conclusão das usinas. No ano que vem vamos defender essa tese com força, pois o gás natural vai atender às nossas frotas de táxi e ônibus, alimentar as nossas indústrias e mover os carros que circulam por Porto Velho, a exemplo do que já acontece em outras cidades”, afirmou.

Valdir Raupp falou também sobre a sua atuação em Brasília, decisiva para transformar em realidade a rodovia transcontinental, que vai interligar Rondônia a portos do oceano Pacífico, no Peru, e que será oficialmente inaugurada em novembro deste ano pelos presidentes brasileiro e peruano.

EIXOS DE INTEGRAÇÃO

Nesse mesmo modelo de integração rodoviária, o senador defendeu a construção de um eixo de integração ferroviário. “O PAC – Programa de Aceleração do Crescimento – contemplou a ferrovia até Vilhena. Fui relator do Plano Ferroviário Nacional no Senado e não aceitei até Vilhena. Isso não nos interessa. Conseguimos estender a ferrovia até Porto Velho, Rio Branco (AC) e Cruzeiro do Sul (AC), bem na divisa com o Peru. A intenção é transformar essa ferrovia numa transcontinental, igual à rodovia”, defendeu.

Mais adiante, Valdir Raupp vislumbrou um futuro de crescimento e desenvolvimento para Rondônia. “Para termos um eixo de integração completo, defendemos no Senado Federal a reconstrução da BR-319 (Porto Velho – Manaus), a construção da ponte do rio Madeira, a construção da ponte binacional entre Guajará Mirim e Guayarámirin (Bolívia) e a completa reforma da BR-364 – para isso já há R$ 600 milhões assegurados no orçamento da União”, anunciou.

CANAIS DIRETOS

Nas considerações finais, o senador deixou claro que, independente de quem for eleito governador, poderá contar com o seu total apoio a partir de 2011. “Desde que fui governador nunca fiz distinções partidárias. Eu e a deputada Marinha Raupp sempre trabalhamos verdadeiramente por todos os 52 municípios de Rondônia, do menor ao maior. Em todos eles existem ações minhas e da Marinha.

O senador finalizou afirmando que “o Senado é a casa das pessoas experientes. Eu acumulei experiência como líder do PMDB por dois anos, vice-líder do governo, líder do bloco da maioria e vice-presidente nacional do partido. Vou ter um canal direto com Dilma e Temer, que serão eleitos presidente e vice do país. Enfim, tenho a experiência necessária para continuar ajudando a população de Rondônia”, concluiu.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/eleicoes/raupp-relata-na-tv-projetos-que-viraram-realidade-e-porque-quer-novo-mandato)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions