Rondônia, terça-feira, 25 de setembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 27 de Maio de 2008 - 16h39

ALIADOS DO PREFEITO DERRUBAM EX-COMPANHEIRO PETISTA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA

Assessoria


O sindicalista Raimundo Nonato Soares não é mais presidente do Conselho de Previdência Municipal. Nonato teve o mandato cassado numa reunião realizada no dia 12 de maio por nove conselheiros do Conselho Previdenciário, todos eles pertencentes à chamada “tropa de choque” do prefeito Roberto Sobrinho. A notícia foi dada hoje pelo próprio sindicalista que já havia antecipado o plano de tirar-lhe o mandato.

“Sabia que isso iria acontecer, pois conhecia o caráter de cada um. O que me admira é que alguns dos conselheiros que votaram a favor da minha saída foram eleitos pelos servidores e hoje se aliaram ao poderio do Executivo. Quero avisar aos meus opositores que voltarei ao cargo e que continuarei denunciando todas as falcatruas que vêm acontecendo no âmbito do Instituto de Previdência e na Prefeitura”, ressaltou.

Raimundo disse que sua cassação foi originada com base numa interpretação dos conselheiros “do contra” da lei Municipal 227 que trata do Regime Previdenciário e das eleições dos membros do Conselho de Previdência. Segundo Nonato, a Lei é omissa quanto à reeleição e dá carta branca para que os membros do Conselho decidam. “Não me elegi sozinho. Alguns dos conselheiros que hoje tiraram meu mandato votaram a favor da minha permanência na Presidência. Não fiz nada sozinho”, comentou.

Os conselheiros que estavam na reunião que culminou com a cassação do presidente do CPM foram: José Afonso Florêncio (eleito presidente), Domingos do Sintero, Marcelo Augusto (coordenador Técnico do IPAM), Wilson Correia (secretário Municipal de Fazenda), Rita Helena Ferrugem (adjunto da Secretaria Municipal de Saúde), Francilene dos Santos (Câmara Municipal), Israel Xavier (Secretário Municipal de Planejamento), Carlos de Souza Mesquita (Adjunto da Procuradoria Geral do Município) e Ambrósio Reis de Oliveira (Secretaria Municipal de Administração – Semad).

“A maioria desses conselheiros, que considero traidores da categoria porque agora estão aliados ao prefeito que a todo custo quer tirar dinheiro do Instituto de Previdência, está envolvida em alguma denúncia de irregularidades que fiz ao Ministério Público Federal, por isso considero que fui vítima de perseguição. O prefeito estava ficando muito incomodado com as minhas denúncias e resolveu convocar sua tropa de choque para me tirar antes que o estrago fosse ainda maior”, finalizou Raimundo Nonato que estará entrando com um mandado de Segurança na Justiça para reaver o cargo.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions