Rondônia, terça-feira, 22 de setembro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Domingo, 29 de Janeiro de 2017 - 10h00

“As Peripécias do General” Manelão

Por João Zoghbi - Diário da Amazônia


“As Peripécias do General” Manelão

Será na próxima quinta-feira no “Mercado Cultural,” o lançamento do livro “As Peripécias do General,” da “Banda do Vai Quem Quer,” por Sílvio Macedo dos Santos, o fiel escudeiro de Manoel da Costa Mendonça – Manelão o General da Banda.

Silvio Santos conta que “bateu” uma saudade do mestre, daí resolveu escrever uma coletânea de histórias e estórias, numa obra literária, vividos dentre muitas e verdadeiras “peripécias” ao lado do saudoso Manelão e grandes amigos de “peripécias” por muitas décadas em Porto Velho.
“O General, falecido em fevereiro de 2011, ficou famoso não apenas por ser o presidente da “Banda do Vai Quem Quer,” mas por ser exímio contador de “histórias e estórias”, muitas consideradas pitorescas”, lembra Silvio.

Não só o Silvio Zé Katraca Santos, está feliz em fazer parte dessa obra literária maravilhosa, como eu, por ter sido convidado por ele à participar desse projeto na produção de vinte desenhos digitais em formato de charges para ilustrar cada uma das histórias e estórias das “Peripécias do General”. O projeto gráfico é da Gráfica Imediata do Mikael Esber, revisado por Creila Maria, colega de redação do Diário da Amazônia.

O lançamento do livro “As Peripécias do General,” lembrando que será dia 2 de fevereiro às 9h e está inserido na programação da (Funcultural), para abrilhantar, juntamente com a inauguração do “Calçadão Manoel da Costa Mendonça” em frente ao “Mercado Cultural,” Praça Presidente Vargas e também com o coquetel de lançamento da camiseta da “Banda do Vai Quem Quer, 2017.”

O que realmente levou Silvio M. Santos a escrever o livro “As Peripécias do General” foi a curiosidade das pessoas que sempre o procuravam para saber se as histórias eram verdadeiras de que ouviram falar sobre o Manelão.

“Não é só por isso, mas muito motivado pela fama adquirida por ele de ser “mentiroso” o que na realidade era. Sua filha Sicília Andrade, que assumiu a presidência da Banda do Vai Quem Quer, concorda com isso em entrevista que consta nesse livro “Siça – A Filha da Banda”. Acontece que quando comecei a lembrar das “Peripécias”, vi que essas histórias, com raras exceções, são verdadeiras, como é o caso do “Defunto Boêmio”; “Metralhando a Viatura da Polícia”; “Roubando o Despacho de Macumba” e tantas outras.” Esclarece Silvio.

Mentira mesmo, lembra Silvio, “só as que ele contava sobre passar com o avião entre as torres da Catedral de Porto Velho, pegando jenipapo da janela do avião Paulistina, enfim, são poucas as estórias inventadas pelo General, porém, são muitas as histórias pitorescas e verdadeiras que constam do que chamo de “As Peripécias do General”, concluiu feliz da vida pelo feito, Silvio M. Santos, o Zé Katraka.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions