Rondônia, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quarta, 08 de Outubro de 2008 - 16h21

Cadeirante da Capital vai a Nova York e busca patrocínio

RONDONIAGORA.COM


Cadeirante da Capital vai a Nova York e busca patrocínio
Colecionador de vários títulos a nível nacional, o pára-atleta de Porto Velho, Rogério Costa Lima, de 31 anos enfrenta hoje um dos maiores desafios de sua carreira, participar da Maratona de Nova York, que acontece em 2 de novembro nos Estados Unidos. Lima, que é competidor de atletismo em cadeira de rodas desde os 13 anos, adquiriu paralisia infantil aos cinco meses de vida. Atualmente é considerado o melhor pára-atleta de sua categoria em toda região norte.
Durante a fase final de classificação para as Pára-Olimpíadas de Pequim, Lima ficou a um segundo do índice. O motivo, segundo o esportista, não foi falta de treinamento. “Minha cadeira-de-rodas foi extraviada durante a viagem e quando a recuperei, uma das rodas estava danificada, o que acabou me prejudicando durante a competição”, explica.
Para que possa realizar a viagem aos EUA, Lima precisa do apoio da Prefeitura Municipal, do Governo do Estado e de empresários. Porém, o esportista explica que, se dependesse de patrocínios não teria alcançado uma posição significativa no ranking nacional de cadeirantes pára-atletas. Segundo ele, ao procurar os órgãos públicos que deveriam incentivar os pára-atletas foi informado de que não havia verba para patrocínios. “Na maioria das vezes tiro os custos do meu bolso mesmo. É uma pena, pois tanto a prefeitura como o estado recebem verbas para o pára-desporto. Na Secretaria Municipal de Esporte, por exemplo, existe uma verba destinada a eventos deste porte que ocorrem todos os anos. Quando os procurei para pedir apoio disseram que não tinham mais a verba. Como não tem se o evento não ocorreu este ano? Pra onde foi o dinheiro?”, questiona.
Lima, que já garantiu as passagens para o exterior através da ajuda de amigos, coleciona títulos importantes. Na sua categoria, T-54 é hoje o único da região norte entre os 10 melhores do Brasil na modalidade 100. “Além disso, fiquei em 3º lugar nas “10 MILHAS DA GAROTO”, em Vila Velha, no Espírito Santo, fui bi-campeão na “Corrida de Reis -2007”, de Cuiabá, campeão universitário nos 100, 200 e 400 metros rasos nos de 2006 e 2007 e possuo o 3º melhor tempo, 100 metros rasos, no ranking brasileiro e 6º melhor tempo do Brasil nos 200 metros rasos”, orgulha-se.
A um passo de realizar o sonho de competir no exterior, Lima espera que tanto os governos municipais, estaduais e empresários, se interessem pela causa e o ajudem a representar o país e Rondônia lá fora. “Agora preciso de uma cadeira-de-rodas de competição nova e ajuda de custo. Depois, é só trazer a medalha para o meu país”.

Empresas ou pessoas físicas que quiserem ajudar o cadeirante podem entrar em contato pelo telefone: 69-8401-1073 ou email:rogerc_lima@hotmail.com.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/geral/cadeirante-da-capital-vai-a-nova-york-e-busca-patrocinio-51305)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions