Rondônia, 25 de julho de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Geral

Campanha de Vacinação contra a Pólio também encerra na sexta-feira em Porto Velho

Quarta-feira, 12 Junho de 2024 - 09:01 | Redação


Campanha de Vacinação contra a Pólio também encerra na sexta-feira em Porto Velho

A Campanha de Vacinação contra a Poliomielite encerra na próxima sexta-feira (14), em todo o país. Na capital, a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), tem realizado diversas estratégias para ofertar o imunizante para a população.

A vacina contra a pólio é direcionada para crianças de até 5 anos de idade. Para se vacinar, os pais ou responsáveis devem levar os pequeninos aos locais de vacinação, estando com o cartão do SUS ou CPF em mãos.

Onde se imunizar?

Em Porto Velho, cerca de 30 mil crianças, menores de 5 anos, estão aptas para tomarem a vacina contra a pólio em qualquer unidade básica de saúde, seja da zona urbana ou rural, das 8h às 18h, e, até mesmo, no Porto Velho Shopping, novo ponto de vacinação que funciona das 10h às 22h, de segunda a segunda.

Como funciona o esquema vacinal?

O esquema vacinal contra a poliomielite é composto por:

• Três doses da vacina injetável – VIP (aos 2, 4 e 6 meses)
• Mais duas doses de reforço com a vacina oral bivalente – VOP (gotinha).

Segundo o Ministério da Saúde, a partir do próximo semestre, essas doses de reforço também passarão a ser aplicadas de forma injetável, fazendo a transição da vacina oral (gotinha - VOP) para a VIP.

Além disso, é importante destacar que mesmo quem já está com o esquema vacinal completo (5 doses aplicadas), deve tomar a vacina contra a pólio nesta campanha.

Dados

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, nesta campanha, até o momento, Porto Velho tem aproximadamente 3% de cobertura vacinal contra a poliomielite. Esse dado está bem abaixo do recomendado pelo MS, que é o índice de 95%.

A vacinação é a única forma de prevenir contra a Poliomielite (paralisia infantil), doença contagiosa causada por vírus que pode infectar crianças e adultos, através do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e, em casos graves, pode acarretar paralisia nos membros inferiores.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também