Rondônia, sábado, 5 de dezembro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 01 de Dezembro de 2009 - 16h34

Cassol vistoria obras na capital e não fala de denúncias contra Andrade Gutierrez

RONDONIAGORA e Decom


O governador Ivo Cassol visitou, mais uma vez, a obra de ampliação do sistema de abastecimento e distribuição de água tratada em Porto Velho. A colocação de adutoras por toda a cidade tem gerado críticas entre moradores de algumas localidades. Eles acusam a empresa Andrade Gutierrez de não recuperar ruas e avenidas. Cassol, em texto jornalístico enviado pelo Departamento de Comunicação do Governo, não se manifestou sobre as denúncias. Na semana passada, a presidente da Caerd, Rose Senna, chegou a falar em suspensão temporária de frentes de trabalho até que a clausula contratual que trata da recuperação das vias públicas seja cumprida. A Companhia de Água e Esgotos de Rondônia não é a responsável pela obra.

A obra orçada em mais de 114 milhões de Reais atenderá 100% da capital com água tratada. Hoje, apenas 67% das residências são atendidas e de modo intermitente, ou seja, dia sim, dia não. “Esta realidade mudará em breve” afirmou o governador Ivo Cassol ao vistoriar as obras de ampliação da estação de tratamento da Caerd na manhã desta terça-feira, na estrada da Candelária, em Porto Velho.

A obra está sendo administrada pela Secretaria de Planejamento (SEPLAN) gestora do PAC em Rondônia – Programa Federal que, juntamente com a contrapartida do Governo do Estado, possibilitou a obra de implantação do Sistema de Distribuição de Água. “Com o término desta obra, o número de pacientes nas unidades estaduais de saúde, diminuirá. Muitos dos atendimentos feitos pelo Estado estão relacionados com doenças decorrentes da falta de água tratada”, explicou o governador.

Atualmente 30 frentes de trabalho estão distribuídas pela cidade e neste ritmo já foram feitos 208 quilômetros de rede de distribuição e 17 quilômetros de rede adutora, o equivalente a 50% de trabalho executado. São dezenas de equipes de operários, dividindo-se em abertura, compactação e fechamento de valas, assentamento das tubulações e execução dos Testes de Pressão Hidrostáticas, feitos para que se tenha a garantia de que as redes não apresentarão vazamentos quando em operação.

De acordo com o cronograma do Governo do Estado, se tudo correr bem a previsão é que já em dezembro de 2009 haja a inauguração do Sistema de Abastecimento de Água de Porto Velho.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions